quarta-feira, 10 de julho de 2019

Funcionários do Hospital de Laranjeiras suspendem greve

De acordo com a direção do Sintasa (Sindicato dos Trabalhadores na Área de Saúde do Estado de Sergipe) a greve dos servidores do Hospital São João de Deus em Laranjeiras está suspensa e os atendimentos retornaram ao procedimento normal.

Após reunião com representantes do Ministério Público Estadual e da Prefeitura de Laranjeiras ficou acertado com a direção do Sintasa, que na próxima quarta-feira, 17, a gestão municipal fará o pagamento da fatura referente ao mês de junho, vencida nesta quarta, 10.


A Prefeitura efetuou na semana passada a fatura referente ao mês de maio, mas o Sintasa resolveu permanecer com a Greve, porque a Prefeitura não emitiu nenhuma posição sobre o cumprimento do repasse de junho.
Foi o que de fato aconteceu esta semana, através da intervenção do Ministério Público.

Entenda o Caso

Essa situação vem acontecendo desde o início da atual administração, comandada pelo prefeito Paulão da Varzinhas. Importante destacar a grande dificuldade enfrentada pela categoria e também por parte da Associação que administra o Hospital para receber os vencimentos correspondente à prestação dos serviços. 

No começo da gestão atual o prefeito deixou os servidores com mais de três meses consecutivos sem salários, sendo necessário a intervenção da Justiça para resolver o problema. Na oportunidade foi selado acordo (TAC) no sentido de encontrar entendimento entre as duas partes, Prefeitura e Associação. 

O contrato de prestação do serviço foi reduzido e mesmo assim a Prefeitura vem tendo a mesma dificuldade para honrá-lo. Isso aconteceu nos dois primeiros anos da gestão atual. Da mesma forma vem ocorrendo no terceiro ano. As faturas estão sendo pagas com atrasos e mediante forte cobrança do Sindicato e da oposição. Isso com intervenção do Ministério Público em vários pontos.

O RSNOTÍCIA continuará acompanhando todo desdobramento da situação. Vamos torcer que até a próxima quarta-feira, 17, a gestão municipal cumpra com o combinado e efetue o repasse financeiro completo para quitação dos salários referente ao mês de junho aos servidores. Do contrário, segundo a direção do Sintasa, a greve retornará.



texto






Nenhum comentário: