sábado, 15 de setembro de 2018

Em desespero, coligação do PSDB quer ataque pesado a Bolsonaro na TV

Vendo Bolsonaro com ampla liderança sobre os demais concorrentes, isolado em 1ºlugar e com vaga garantida para o 2º turno, Ciro e Haddad se distanciando, disputando a outra vaga da disputa presidencial no 2º turno, levando a equipe de Geraldo Alckmin entra em desespero sem saber direito a quem atacar.

O desempenho de Geraldo Alckmin nas pesquisas tem deixado os aliados do tucano bastante incomodados. Na pesquisa Datafolha divulgada na última sexta-feira (14), o candidato do PSDB à Presidência oscilou um ponto para baixo: de 10% passou para 9%, enquanto Haddad subiu sem desmontar Ciro (PDT), e só em cima de votos que estavam com Marina Silva (Rede).

Com isso, segundo a coluna “Painel”, da Folha de S.Paulo, a coligação do PSDB ficou apreensiva por conta da oscilação negativa de Alckmin e decidiu não poupar mais o líder das pesquisas Jair Bolsonaro (PSL). Mesmo com capitão reformado internado, os aliados tucanos defende que agora é hora de atacar pesado o deputado nos próximos programas eleitorais na televisão. Com informações do Notícias ao Minuto.


texto

Nenhum comentário: