domingo, 23 de setembro de 2018

BTG Pactual: Bolsonaro chega a 45,5% dos votos válidos na espontânea e fica mais perto de vencer no 1° turno

Retirados os votos: (Branco/nulo, não sabe, não respondeu, ninguém) da pesquisa BTG Pactual. Na pesquisa espontânea e com os votos válidos; 

A pesquisa BTG Pactual, mostra o crescimento de Jair Bolsonaro (PSL) e de Fernando Haddad (PT) na corrida presidencial. O deputado federal aparece isolado na liderança com 45,5%, dos votos válidos, seguido pelo petista (18%), que ultrapassou Ciro Gomes, do PDT (12%), na disputa pelo segundo lugar.



O candidato João Amoêdo do Partido Novo marcou 4,5%, Geraldo Alckmin 3%, Marina Silva (Rede)3%, Alvaro Dias (Podemos), 1,5%, Henrique Meirelles (MDB), 1,5%, e outros 2,0%.

Obs: O candidato Lula é lembrado por 9% dos entrevistados.

A pesquisa espontânea não é divulgada pela mídia, talvez porque ela, de um modo geral, é muito diferente da pesquisa estimulada. Nesta perspectiva, pode-se considerar que qualquer análise realizada com base nas pesquisas estimuladas deve ser relativizada, uma vez que ela não representa efetivamente uma simulação da eleição. Somente a pesquisa espontânea poderia fundamentar uma análise que pretenda refletir sobre os prováveis resultados das eleições. Com informações de Edmundo de Moraes.


2º Turno: Bolsonaro leva vantagem em quase todos os cenários.

JAIR BOLSONARO 42% x CIRO GOMES 42% (empate)

JAIR BOLSONARO 46% x FERNANDO HADDAD 38% (Vantagem Bolsonaro 8 pontos)

JAIR BOLSONARO 43% x GERALDO ALCKMIN 36% (Vantagem Bolsonaro 7 pontos)

JAIR BOLSONARO 48% x MARINA SILVA 33% (Vantagem Bolsonaro 15 pontos)


O que vale é a pesquisa espontânea.




A pesquisa espontânea não é divulgada pela mídia, talvez porque ela, de um modo geral, é muito diferente da pesquisa estimulada. Nesta perspectiva, pode-se considerar que qualquer análise realizada com base nas pesquisas estimuladas deve ser relativizada, uma vez que ela não representa efetivamente uma simulação da eleição. Somente a pesquisa espontânea poderia fundamentar uma análise que pretenda refletir sobre os prováveis resultados das eleições.

No momento em que as pesquisas de intenção de voto para a próxima eleição são divulgadas e se tornam objeto de diversas análises e interpretações, faz-se necessário repensar o seu significado. De um modo geral, essas pesquisas são anunciadas pela mídia com afirmações do tipo “se as eleições fossem hoje o candidato fulano de tal teria tantos por centos de votos”, presumindo-se que elas representam uma simulação da eleição. Assim, as pessoas são levadas a acreditar que essas pesquisas indicam o provável resultado da eleição.



Em muitas ocasiões as pesquisas de intenção de voto têm sido utilizadas para interferir no resultado de uma eleição, fortalecendo ou enfraquecendo candidaturas de acordo com a posição do candidato na pesquisa.

Acontece que as pesquisas de intenção de voto divulgadas pela mídia correspondem às pesquisas estimuladas, onde os nomes dos candidatos são apresentados para a escolha do eleitor. Ora, esse tipo de pesquisa era realmente uma simulação da eleição na época em que eram utilizadas cédulas com os nomes dos candidatos. Entretanto, com a urna eletrônica isso não acontece mais. Os nomes dos candidatos não aparecem na tela da urna e o eleitor tem que saber com antecedência qual o candidato da sua preferência para digitar o seu número. Neste caso, a simulação da eleição só pode ser feita com a pesquisa espontânea, sem a apresentação dos nomes dos candidatos.

METODOLOGIA


O Instituto FSB Pesquisa entrevistou, por telefone, 2.000 eleitores com idade a partir de 16 anos, nas 27 Unidades da
Federação (Ufs). A margem de erro no total da amostra é de 2pp, com intervalo de confiança de 95%. A amostra é
controlada a partir de quotas de: (a) sexo, (b) idade, (c) região e (d) tipo de telefonia (fixa e móvel).
• Após a pesquisa, foi aplicado um fator de ponderação para corrigir eventuais distorções em relação ao plano
amostral.
• As entrevistas foram telefônicas, realizadas por entrevistadores por meio de telefones fixos e móveis, nos dias 15 e
16 de setembro de 2018.
• Essa pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número BR-06478/2018.
• Estatístico responsável: Neale El-Dash, Conre 8656-A.
• Supervisão técnica: Gustavo Venturi, professor doutor do Departamento de Sociologia da USP


Com informações de Eduardo Moraes.


texto


25 comentários:

JOFRAN disse...

Duvidar sempre .

Gustavo Rodrigues disse...

Corrige o título por favor, está BGT, invés de BTG

Marcos disse...

Bolsonaro 2018!!

Unknown disse...

17 Bolsonaro presidente

Unknown disse...

OS BRASILEIRO ACORDOU DO PESSADELO.DAS DESILUSÃO DE SER MANIPULADOS PELOS AGORA É JAIR MESSIAS BOLSONARO.O POVO BRASILEIRO FAZENDO CAMPANHAS EM TODOS OS ESTADOS DO BRASIL ESPONTANEOS...DEUS IRÁ CONFIRMAR A VITÓRIA.B17... PRIMEIRO TURNO FÉ EM DEUS...

Unknown disse...

Bolsonaro já ganhou, os esquerdistas já podem ir para Venezuela, tchau, tchau belo até mais.fim de linha prá voces.

Jose Airton Bezerra de Oliveira disse...

As tendencias em pesquisas direcionadas sao muito flagrantes. A espontânea tem maior credibilidade. Penso assim

Unknown disse...

Aí sim...confio nesta pesquisa pois reflete o que escuto e vejo nas rua.

André Mendes disse...

Prezado por que os números do seu texto não bate com o gráfico que está inelegível? Bolsonaro tem 31% na espontânea e perde no 2o turno para o Coro e está a 4% do Haddad e não 8%. Mentira tem perna curta.

Anônimo disse...

Fake news.

Juli disse...

É por isso que ligam o dia inteiro no fixo e celular e nada falam? ? Ah...
Entendi agora. O VOTÔ vai pra quem eles querem

Unknown disse...

17 JÁ!

Unknown disse...

17 JÁ!

Unknown disse...

17 JÁ!

Unknown disse...

Absolutamente certo pra ganhar no primeiro!!

Bia Rosa disse...

Vamos subir as

#

#17presidenteBRASIL

#BolsonaropresidentedoBRASIL

Vamos mostrar nossa força e vontade BRASIL����

Anônimo disse...

Essa fax mais sentido... pelo menos tem certa coerência, diferentemente do IBOPE e DATAFOLHA, q não representa as credibilidade... não engana nem os próprios petistas.

Anônimo disse...

Faz

Luiz Pires disse...

BolsoBOLS PRESIDENTE!
E NO PRIMEIRO TURNO!
TÁ CHEGANDO A HORA!

Unknown disse...

Por que não me ligam?

Marcelo Almeida disse...

Essa pesquisa sequer consta no site do TSE. Notícia mentirosa.

Mauro S. Costa disse...

Mas uma pesquisa que não reflete a realidade!
Bolsonaro está com mais de 75% de votos no Brasil inteiro!
#B17PARAPRESIDENTE
NO PRIMEIRO TURNO!
E demais cargos tudo 17 e militares, se possível!
Faxina geral!!

Baluarte disse...

Muito oportuna essa pesquisa, feita com metodologia muito mais aceitável.

Unknown disse...

Aumento de induindús para empregar o estudante quando se formar e diminuir os impostos para as indústrias crecerecr

Gustavo F disse...

Os 4.5% do Amoedo somam-se aos 18% dos petralhas. Na verdade Haddad ( avatar do criminoso)tem 22,5%