sexta-feira, 11 de maio de 2018

Romero marca dois, Corinthians vence e avança na Copa do Brasil

O triunfo sobre os baianos evitou que Fábio Carille atingisse sua pior sequência sem vitórias no comando do Corinthians.

Depois de quatro jogos sem vencer na temporada, o Corinthians enfim encerrou o incômodo jejum ao bater o Vitória por 3 a 1, nesta quinta-feira (10), no Itaquerão, pelas oitavas de final da Copa do Brasil.

A equipe do técnico Fábio Carille vinha de empate com o Ceará pelo Brasileiro, derrotas para Independiente, na Libertadores, e para Atlético-MG, pelo Brasileiro, e empate sem gols pela Copa do Brasil, contra o Vitória, no jogo de ida.

O triunfo sobre os baianos evitou que Fábio Carille atingisse sua pior sequência sem vitórias no comando do Corinthians. No ano passado, em duas oportunidades, o time amargou quatro jogos consecutivos sem vencer.

O principal nome da vitória corintiana nesta quinta foi o paraguaio Romero, autor de dois gols e maior artilheiro da Arena Corinthians, com 23.

Quem abriu o placar, contudo, foi Maycon, após jogada de Gabriel pela direita. O volante recebeu cobrança de lateral e bateu para o meio da área. O goleiro Caíque rebateu mal e o camisa 8 aproveitou para marcar.

Na segunda etapa, o Corinthians soube explorar os espaços na defesa do Vitória para ampliar a vantagem e matar a partida.

Em seu primeiro gol, Romero recebeu livre de frente para Caíque, que conseguiu fazer a defesa. Mas a bola sobrou novamente para o atacante fazer 2 a 0, no rebote.

Poucos minutos depois, o paraguaio aproveitou cruzamento de Sidcley para marcar seu segundo gol no jogo, o terceiro do Corinthians.

O veterano centroavante André Lima ainda descontou de cabeça, mas a equipe corintiana administrou o placar para garantir a vaga na próxima fase.

CORINTHIANS

Cássio; Mantuan, Balbuena, Henrique, Sidcley; Gabriel, Maycon (Paulo Roberto), Jadson (Emerson Sheik), Rodriguinho; Pedrinho (Mateus Vital), Romero. T.: Fábio Carille

VITÓRIA

Caique; José Welison, Aderllan, Kanu, Pedro Botelho; Willian Farias (André Lima), Uillian Correia, Yago, Rhayner; Neilton (Luan), Denílson (Guilherme Costa). T.: Vagner Mancini

Estádio: Arena Corinthians, em São Paulo

Juiz: Sandro Meira Ricci (PR)

Cartões amarelos: Rhayner e José Welison (Vitória)

Cartão vermelho: José Welison

Público: 29.625 pagantes (total: 29.840)

Renda: R$ 1.280.969,60

Gols: Maycon, aos 38min do primeiro tempo, e Romero, aos 13min e aos 20min do segundo tempo (Corinthians); André Lima, aos 31min do segundo tempo (Vitória)

Com informações da Folhapress.

.texto

Nenhum comentário:

LEIA TAMBÉM