quarta-feira, 2 de maio de 2018

Prédio ocupado pega fogo e desaba em São Paulo

Até o momento, uma pessoa morreu durante tentativa de resgate.

Pelo menos uma pessoa morreu após um prédio de 24 andares desabar durante um incêndio de grandes proporções, na madrugada desta terça-feira (1º), no Largo do Paissandu, região central de São Paulo. A vítima, um morador, caiu junto com o prédio em uma tentativa de resgate. O edifício, que seria uma antiga sede da Polícia Federal, estava ocupado irregularmente, conforme a Polícia Militar. A Defesa Civil estima que 50 famílias viveriam no local.



Ainda há possibilidade de mais vítimas, mas não há informações precisas com relação ao número de mortos e desaparecidos. "A gente trabalha com a hipótese de vítimas, entretanto não estão confirmadas", contou o tenente André Elias, em entrevista à TV Globo, por telefone. Um médico do Samu disse que ao menos três pessoas foram socorridas com quadro de intoxicação e levadas para unidades médicas.



O Corpo de Bombeiros está no local e já iniciou a retirada dos escombros. Parte do prédio da Igreja Evangélica Luterana também desabou após ser atingido pelos escombro. As chamas tiveram início por volta das 1h30, no 5º andar do edifício. Foram acionados para a ocorrência 57 viaturas, além de 160 homens. O trânsito na área está interditado.

Questionado sobre o acidente, o governador de São Paulo, Márcio França, disse que a tragédia era "prevista", já que o local estava sendo habitado irregularmente por algumas pessoas. “Este tipo de moradia é inabitável. Ficar aqui é procurar encrenca cada vez maior. Graças a deus, hoje a gente conseguiu chegar a tempo, mas nem sempre vai acontecer isso.” Com informações do Notícias ao Minuto.
Vídeo gravado por um morador mostra o momento em que o prédio desaba. Veja:


Nenhum comentário: