quinta-feira, 10 de maio de 2018

Grande quantidade de agrotóxicos em Dores é apreendida pela FPI

Produtos são considerados extremamente tóxicos.

Quase quatro mil litros de agrotóxicos, sem validade e receita agronômica, foram apreendidos pela Fiscalização Preventiva Integrada - FPI do São Francisco - na Usina Campo Lindo, localizada no município sergipano de Nossa Senhora das Dores. No local, a equipe Agrotóxicos ainda apreendeu, nesta quarta-feira, 9, mais de meia tonelada dos produtos (agrotóxicos em pó). Dentre os defensivos agrícolas encontrados estavam: Dual Gold, Atrazina e Norton - da classe vermelha -, considerados extremamente tóxicos e nocivos à saúde das pessoas.



A ação rendeu auto de infração da Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema), autuação e apreensão da Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe (Emdagro) e notificação por parte do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Sergipe (Crea).

Entenda

De acordo com informações da coordenadora da equipe Agrotóxico, da FPI de Sergipe, Paula Braz, a usina produz cana e os agrotóxicos encontrados pelos fiscais, como por exemplo herbicidas, são usados para combater pragas da plantação.

Em números exatos, foram apreendidos 3.719,5 litros e 562,6 quilos (em pó) de agrotóxicos. “Somente de produtos vencidos, a equipe encontrou 2.146,5 litros e 43,6 quilos. Na validade, porém, sem receita agronômica foram: 1.573 litros e 519 quilos”.

Equipe Agrotóxicos

A equipe Agrotóxicos é composta pelos seguintes órgãos: Crea/SE, Emdagro, Adema, Covisa e COE (Polícia Militar).

Com informações da FPI/SE


.texto

Nenhum comentário:

LEIA TAMBÉM