segunda-feira, 7 de maio de 2018

Cineasta é atacado por girafa em set e morre

Carlos Carvalho, de 47 anos, estava trabalhando como cinegrafista no momento em que foi atingido.

A gravação de "Premium Nanny 2", material que seria exibido em TV sul-africana, foi cenário de uma tragédia. O cineasta Carlos Carvalho, de 47 anos, trabalhava como cinegrafista no set quando foi atacado por uma girafa. Carvalho foi atingido na cabeça e chegou a ser levado de helicóptero ao Milpark Hospital, em Joanesburgo, mas não resistiu.

Conforme a "Entertainment Weekly", que citou a produtora Two Oceans, a gravação ocorria no parque Glen Afric Country Lodge, a Noroeste da capital. A girafa que atacou o cinegrafista foi um macho chamado de Gerald.

Integrante da equipe, Dirkus Van Der Merwe falou ao jornal Telegraph que a girafa começou a seguir a equipe, sem ameaçá-los, mas de repente, enquanto era filmado, se tornou agressivo. "Gerald balançou o pescoço e acertou-o na cabeça. Veio do nada, e Carlos nem viu. Não estava ciente do perigo". Segundo testemunhas, o diretor foi arremessado por cerca de quatro metros. Merwe reforçou que o colega não fez "nada de errado".

Carlos Carvalho foi aclamado com um Leão de Prata de Cannes, em 2003, por um comercial. O sul-africano também ganhou o African Movie Academy Awards, em 2014, por "O Reino Esquecido". As informações são do portal Notícias ao Minuto.

.texto

Nenhum comentário: