quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

TCE informa que Laranjeiras sobe para 3ª posição em arrecadação de ICM e ICMS em 2018

Atualmente, a classificação do município varia entre a quinta e a sexta posição. 

Do RSNOTÍCIA
- De acordo com a divulgação dos novos índices de arrecadação de ICMS e ICM, estabelecidos pelo tribunal de Contas do Estado para os municípios sergipanos em 2018, divulgados através do site do TCE, Laranjeiras aparece na 3ª posição, sem considerar Aracaju. Ficando atrás, apenas dos municípios de Estância e Nossa Senhora de Socorro.


Laranjeiras deve arrecadar mensalmente, em 2018, aproximadamente, entre sete e dez milhões de reais.

Números bem superiores ao que foram arrecadados em 2017 e principalmente em 2016. Dessa forma, a expectativa para 2018 é extremamente positiva, no que se refere ao quesito receita financeira do município.

Laranjeiras perderá apenas para os municípios de Estância e Socorro, que têm população e áreas territoriais bem maiores. Os índices que orientarão os valores de arrecadação de ICM e ICMS para o próximo ano, aponta Aracaju com 35,3220; Socorro com 7,8881 ; Estância com 7,4317 e Laranjeiras com 7,2679. Observe que tirando Aracaju, os valores dos outros três municípios são bem aproximados e quase iguais. Ou seja, a diferença é bem pequena entre os outros municípios.

Considerando o tamanho dos dois outros municípios (Socorro e Estância), podemos afirmar que proporcionalmente Laranjeiras arrecadará muito mais que os dois primeiros colocados. Por isso, mesmo com todas as dificuldades que possam está acontecendo no país, Laranjeiras tem bem melhores condições administrativas que os demais municípios sergipanos.


Com esses dados divulgados, o atual governo municipal, comandado pelo prefeito Paulo Hagenbeck (Paulão da Varzinhas / DEM), não poderá alegar nenhuma dificuldade com as condições de receita para o próximo ano. Deve preparar seus assessores e alavancar a gestão. De forma a atender as demandas da população e cumprir as promessas de campanha.

Confira a íntegra do documento que estabelece os novos índices:


..texto

Nenhum comentário:

LEIA TAMBÉM