sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

Ódio de mãe de Júnior Tavares ao Corinthians esfria negociação

Júnior Tavares virou alvo do Corinthians, que emprestaria Lucca ao São Paulo para ter o lateral. (Foto: Djalma Vassao/Gazeta Press).

Do 
Gazeta Press - Avessa à instituição Corinthians, Simone Tavares, mãe do lateral esquerdo Júnior Tavares, disse nas redes sociais preferir morrer do que ver o filho vestido com o uniforme alvinegro. 

O episódio esfriou a negociação proposta pelo empresário Fernando Garcia, que queria envolver o meia-atacante Lucca numa troca com o São Paulo.

“Fui, sou e sempre serei contra qualquer negócio e acordo com a instituição Corinthians em relação ao elenco do nosso clube e, piora, quando o pivô se torna a figura do meu filho. Desgosto mesmo que falei e repito: prefiro morrer antes a ver Júnior vestindo a camisa do ‘Curintia’”, escreveu Simone Tavares, em sua conta no Instagram.

À Gazeta Esportiva, Garcia havia dito que, após conversar com as duas diretorias, esperava que um desfecho positivo da negociação pudesse acontecer nesta semana ou na próxima. No entanto, com a rejeição da mãe de Tavares, a transferência pode não se concretizar.

Há, na diretoria tricolor, quem seja a favor e contra a negociação, que inicialmente seria por empréstimo de um ano, com os valores dos direitos econômicos fixados para ambos os lados. Com 21 anos, Júnior Tavares é visto, no São Paulo, como um jogador de potencial.

O clube do Morumbi, aliás, não descarta negociá-lo em 2018 – em junho, inclusive, recebeu proposta do holandês Ajax. Para a posição, em 2018, o técnico Dorival Júnior conta com o retorno de Reinaldo, emprestado à Chapecoense até dezembro, e com a permanência de Edimar, que deve ser adquirido em definitivo junto ao Cruzeiro.

Com a aprovação do técnico corintiano Fábio Carille, Tavares seria uma alternativa para a saída de Guilherme Arana, negociado com o Sevilla, da Espanha. Já Lucca chegaria ao Tricolor para que Dorival Júnior tivesse mais opções de atacantes que saibam atuar pelas beiradas de campo, já que o treinador não conta mais com Denilson, Marcinho e Wellington Nem para 2018.

..texto

Nenhum comentário: