sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Professores de Laranjeiras rejeitam proposta de Paulão e ocupam sede da Prefeitura

Categoria rejeita proposta para reestruturar carreira em 2020.

Os professores da rede municipal de ensino ocuparam a sede da Prefeitura de Laranjeiras na manhã desta sexta-feira, 17, em protesto ao posicionamento do prefeito Paulo Hagenbeck (Paulão da Varzinhas / DEM), que na avaliação dos professores, quebrou o acordo firmado, durante a campanha, com a categoria para reestruturação da carreira do magistério.


De acordo com o professor Uilson Hora, diretor de base do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Sergipe (Sintese), o prefeito Paulão da Varzinhas teria se comprometido em reestruturar a carreira para repor as perdas salariais com parcelas que seriam iniciadas em novembro deste ano e encerradas em janeiro do próximo.
No entanto, na última audiência pública realizada na quinta-feira, 16, no Ministério Público Estadual, o prefeito teria recuado, apresentando proposta de forma que a recuperação das perdas acumuladas devido à falta de aplicação do reajuste do piso salarial do magistério a professores pós-graduados só ocorreria em 2020.


Segundo o professor Uilson Hora, o prefeito propôs apresentar reajuste de 6% em janeiro de 2018, outros 10% divididos em duas parcelas, sendo a primeira a ser paga em janeiro de 2019 e a última em janeiro do ano seguinte. A proposta que teria sido apresentada pelo prefeito foi avaliada pelos professores em assembleia geral e a categoria optou por recusá-la, segundo o sindicalista. Na manhã desta sexta-feira, 17, os professores realizaram um ato público, ocuparam a sede da prefeitura na tentativa de dialogar com o gestor. No entanto, os manifestantes receberam a informação de que o prefeito não estaria na sede do Poder Executivo Municipal.

A reportagem do portal Infonet tentou ouvir a prefeitura, mas não obteve êxito. O RSNOTÍCIA está á disposição através do email: reginaldo@rsnoticia.com e do whatsApp: 79996290665, para maiores informações sobre o posicionamento da gestão municipal. Com informações de Cássia Santana, do Portal Infonet.

..texto

Um comentário:

Anônimo disse...

Essa reestruturação de carreira dos professores é da atual gestão ou já vem de outras. Pq se for dessa vou dizer é um caos na gestão de Juca ele massacrou os professores.

LEIA TAMBÉM