sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Governo estadual reúne secretários municipais de educação

O objetivo do encontro foi para reavaliação do Projeto de Inovação Educativa. Em quase dois meses de implantação em Sergipe, o projeto atingiu 321 escolas, 30 municípios, 775 professores e 18.546 alunos.

Com informações da ASN -
O Programa Aula Digital, fruto da parceria formalizada entre o governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seed), a Fundação Telefônica Vivo e o Instituto Paramitas, em quase dois meses de implantado em Sergipe já atingiu 321 escolas, 30 municípios, 775 professores e 18.546 alunos.

Nesta quarta-feira, 18, secretários municipais de Educação participaram de uma Reunião de Governança para avaliar o Projeto de Inovação Educativa.

"A receptividade nas escolas está sendo excelente. Tivemos mais de 90 por cento de presença de professores e gestores nas formações que foram feitas em setembro e outubro. A inovação educativa é o olhar diferente da perspectiva do gestor para que a unidade de ensino seja mais colaborativa e participativa, e que tenha mais significado para o aluno", disse Rubem Paulo Saldanha, gerente de Educação da Fundação.

De acordo com ele, professores e gestores de escolas estão elaborando o plano de ação para colocar em prática nas unidades de ensino. "Nesses dois meses já visitamos seis polos e estivemos com 321 gestores de 30 municípios sergipanos. O programa de formação de educadores foi dividido em duas etapas: uma com os professores e a outra com os gestores. Em ambas, tivemos excelentes resultados", disse.

Etapas




Segundo o gerente de Educação da Fundação Telefônica mais duas capacitações estão programadas com os professores e gestores. A primeira acontecerá de 20 a 23 de outubro e a segunda, de seis a dez de novembro de 2017. "Será uma espécie de repescagem para aquelas escolas que não participaram da capacitação porque estavam no período de férias escolares", ressaltou. Rubem Paulo informou que no mês de novembro, acontecerá a terceira etapa de visitas às escolas sergipanas. "Nós temos 26 formadores locais e já efetuamos 642 visitas em oito polos do estado", disse.

A diretora do Instituto Paramitas, Cláudia Stippe fez uma avaliação positiva do projeto. "Estamos tendo uma excelente aceitação em todo estado com uma adesão de mais de 90 por cento das escolas, gestores e professores", disse.

O secretário municipal de Educação de Gararu, Jamison Barros ressaltou ser muito importante o Programa Aula Digital. "Muito importante essa parceria formalizada entre o governo do estado e a Fundação telefônica. O projeto aborda contextos educacionais em forma digital, trazendo para a nossa realidade local um novo contexto a ser abordado em sala de aula, que vai desde a formação dos professores até a abordagem do conteúdo digital", destacou.

Tecnologia

A professora Selma Vilanova, secretária municipal de Educação de Arauá, falou sobre a importância de receber o Programa Aula Digital cuja inovação somou algo que o município não tinha, até então, perspectiva de oferecer aos alunos por questões financeiras.

"É muito importante no dia de hoje a gente saber que os nossos alunos da zona rural, de uma escola bem distante, podem usufruir de uma moderna tecnologia na sala de aula", disse.

Na manhã desta quarta-feira, 18, o secretário de Estado da Educação, Jorge Carvalho, recebeu em audiência na Seed, o gerente de Educação da Fundação Telefônica, Rubem Paulo Saldanha e a diretora do Instituto Paramitas, Cláudia Strippe. A professora Gabriela Zelice, diretora do Departamento de Educação da Seed, também participou do encontro.

.texto

Nenhum comentário:

LEIA TAMBÉM