quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Santos pode não receber nada pela transferência de Neymar; entenda

Barcelona e PSG entendem que a negociação não é caracterizada como “venda”.

O Santos pode levar um “chapéu” e não receber nada pela transferência de Neymar. Segundo informações do blog “Rodrigo Mattos”, do UOL, o Barcelona e o Paris Saint-Germain entendem que o pagamento da multa não se caracteriza como “venda”, o que, e tese, não obriga o repasse de um percentual para o clube que formou o atleta.



O Santos, por sua vez, acredita que, por precedentes na Fifa, tem direito de receber parte dos 222 milhões de euros (R$ 820 milhões) que envolve a negociação que deve se tornar a maior da história do futebol mundial. O clube do litoral paulista levaria cerca de 11 milhões de euros (R$ 40,8 milhões).

O artigo 21 do estatuto de transferência não especifica se o valor que deve ser repassado ao clube formador implica na multa rescisória. ''Se um profissional é transferido antes da expiração de seu contrato, qualquer clube que contribui para sua educação e treino tem direito a receber um percentual de compensação paro ao clube formador''.

Caso o Santos não receba qualquer valor, o clube poderá ir à Fifa.

texto

Nenhum comentário:

LEIA TAMBÉM