sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Polícia de SE apreende carga roubada com 10 toneladas de alumínio

ASCOM SSP/SE - Policiais civis da Delegacia de Turismo (Detur) e policiais do Batalhão de Turismo da Polícia Militar (BPTur) apreenderam de cerca de 10 toneladas de alumínio e prenderam dois homens acusados pelo crime de receptação de produto furtado no bairro Coroa do Meio, em Aracaju.

Segundo informações da Polícia, as prisões e apreensões foram motivadas por investigações surgidas a partir da prisão de outras três pessoas na semana passada, realizadas também pelos policiais da Detur e equipes do Batalhão de RadioPatrulha, quando os acusados foram flagrados com quase oito toneladas de alumínio, sendo quatro em estado bruto e outros quatro “limpos” (já preparados para venda a siderúrgicas).



De acordo com o delegado Abelardo Inácio, a partir das prisões dos três homens em um galpão localizado na avenida Delmiro Gouveia, no bairro Coroa do Meio, na última sexta-feira, 28, os policiais civis lotados na Delegacia de Turismo seguiram com as investigações e nesta quinta-feira, dia 03, constataram que havia um outro depósito de sucatas localizado na rua Aluísio Campos, também no bairro Coroa do Meio, utilizado para a receptação de carga de alumínio furtada na região do Distrito Industrial de Aracaju.

Ao constatar a prática criminosa, os policiais civis, com auxílio de policiais do Batalhão de Turismo da Polícia Militar (BPTur), chegaram ao local e deram voz de prisão a duas pessoas que estavam no galpão. Os homens foram identificados como: Cledivaldo Souza dos Santos, 50 anos, dono do espaço, e Cícero Juvino Soares dos Santos, 43 anos.

Após a prisão, os dois foram encaminhados à Detur, onde foram lavrados os autos de prisão em flagrante por crime de receptação de produtos furtados.

O delegado Abelardo Inácio enfatizou ainda que apesar das prisões realizadas e dos quase 20 mil quilos de alumínio apreendidos até o momento, as investigações seguem na tentativa de encontrar outros possíveis responsáveis pela prática dos furtos a alumínio e receptação deste material.




texto

Nenhum comentário:

LEIA TAMBÉM