segunda-feira, 7 de agosto de 2017

MP cobra esclarecimentos sobre valores efetuados por rateio de água pela Deso

Deso explicou que valores cobrados a mais foram erro de sistema.

G1 SE - Na manhã desta segunda-feira (7) o Ministério Público Estadual (MPE) realizou uma audiência para cobrar esclarecimentos sobre o rateio de consumo de água praticado pela Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso).

A promotoria de defesa do consumidor pediu esclarecimentos de como a Deso está tarifando o rateio do consumo comum de água.

" Sobre a cobrança deste último mês foi justificado o problema e informado que ele já está sendo resolvido. Mas a legalidade da cobrança do rateio ainda será analisada pelo Ministério Público", disse a promotora Euza Missano.

De acordo com o diretor da Deso, Wanderley Correia o erro na leitura das faturas do mês de julho devido a uma mudança no sistema. Segundo ele, novas faturas corrigidas já estão sendo enviadas, sem danos para o consumidor.

O Ministério Público disse que vai continuar investigando a cobrança de rateio nas contas individualizadas, o que, segundo a Deso, está dentro da legalidade.




texto

Nenhum comentário:

LEIA TAMBÉM