terça-feira, 8 de agosto de 2017

Gestores escolares são alertados pela SEED sobre escolha do livro didático

Na Imagem ao lado: O coordenador da Divisão de Material, Ensino-Aprendizagem da Secretaria de Estado da Educação (Dismea / Dase / Seed), Marcos Vinícius Melo.

SEED com informações do FNDE - O Programa Nacional do Livro Didático (PNLD), coordenado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), envia anualmente livros didáticos a todas as escolas públicas, cuja rede de ensino tenha adesão formal ao Programa.
Este ano, uma grande parte da execução do Programa passou a ser realizada pelo sistema PDDE interativo, o que facilitou e deu maior celeridade ao remanejamento, à solicitação da reserva técnica e à escolha dos livros didáticos pelas escolas.

De acordo com o coordenador da Divisão de Material, Ensino-Aprendizagem da Secretaria de Estado da Educação (Dismea/Dase/Seed), Marcos Vinícius Melo, a escolha dos livros didáticos no âmbito do PNLD 2018 (Ensino Médio) será iniciada no próximo dia 21 de agosto, e se estenderá pelas duas semanas seguintes.

Ele explica que caso a escola ainda não tenha acesso ao sistema, o diretor da unidade escolar deve entrar em contato com a secretaria de Educação para solicitá-lo. Apenas o diretor da escola poderá realizar o registro dos livros escolhidos no Sistema PDDE Interativo. Por esse motivo, este ano não será encaminhada carta com senha, para formalizar a escolha.

Todas as orientações quanto à execução do PNLD em seu âmbito de gestão e, mais especificamente, quanto à utilização do sistema, estão disponíveis no portal do FNDE, em www.fnde.gov.br >> Programas >> PNLD >> Apoio à Gestão.

Após trabalhar os dados sobre os pedidos feitos por escolas públicas de todo o país, o FNDE negocia a aquisição das obras com as editoras e, em função da escala da compra, consegue preços abaixo dos praticados no mercado.

Escolha

Como regra básica, devem ser selecionadas duas opções de coleções de cada componente curricular, de editoras diferentes. Caso não seja possível a aquisição dos livros da editora da primeira opção, o FNDE negociará as obras da segunda opção.

Caso a escola não queira receber livros de algum componente, basta manter a indicação inicial do sistema: "Não desejo receber livros deste componente". Ou seja, se registrar escolha para alguns componentes e deixar de marcar em outros, só receberá os livros que escolheu. Se gravar a escolha sem marcar nenhum componente, não receberá qualquer obra.

Por outro lado, se o colégio não acessar o sistema ou não registrar opção em nenhum momento, será encaminhada, compulsoriamente, uma das coleções aprovadas de cada componente curricular.

Grande parte das obras didáticas do PNLD é reutilizável. Confeccionado com uma estrutura física resistente, o livro tem durabilidade prevista de três anos, ou seja, deve ser utilizado por três estudantes em três anos consecutivos. Para que nenhum aluno fique prejudicado no próximo ano letivo, é necessária a conscientização de pais, alunos e professores sobre a importância da devolução e dos cuidados com os livros durante sua utilização.



texto

Nenhum comentário:

LEIA TAMBÉM