sábado, 22 de julho de 2017

Tiroteio no Centro de Aracaju provoca morte de uma pessoa e deixa três outras feridas

Segundo a polícia, homens armados chegaram atirando contra capoerista.

G1 SE - Um tiroteio na manhã deste sábado (22), no Mercado de Artesanato Thales Ferraz, no Centro de Aracaju, provocou a morte do capoeirista José Walter Santos Filho e deixou outros três homens feridos.

Segundo a polícia, de acordo com as primeiras informações homens armados teriam chegado ao local e atirado contra o capoeirista e em seguida efetuaram outros disparos contra ele, mas acabaram atingido o irmão de Walter e um idoso de 80 anos.



O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) atendeu os feridos. E eles foram encaminhados ao Hosital de Urgência de Sergipe (Huse). De acordo com a polícia, o capoerista morreu a caminho do hospital. Segundo o Samu, o irmão de Walter foi operado e está internado na Ala Vermelha. O idoso está internado na Ala Verde. E um outro homem, que seria aluno do capoerista, que também foi baleado foi encaminhado para o Hospital Nestor Piva e posteriormente transferido para o Huse, onde está internado na Ala Vermelha.

De acordo com a família, José Walter tinha 32 anos e deixou sete filhos. A família acredita que o irmão dele também poderia ser alvo dos suspeitos. A Secretaria de Segurança Pública de Sergipe (SSP/SE) informou que José Walter tinha passagens pela polícia por crimes de homicídio e roubou.

A SSP disse também que o caso será investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Insegurança

A comerciante e artesã, Mônica Soares diz que ficou chocada com a violência que presenciou. "Pela primeira vez aconteceu um homicídio dentro do mercado. Isso ocorreu por falta de segurança. A Guarda Municipal tem que dar conta de todos os mercados e não podem ficar somente aqui. Uns minutos antes do homicídio nós comerciantes pegamos um ladrão que tinha acabado de roubar o celular de uma pessoa dentro do mercado. Precisamos de segurança", desabafou.

A Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), que é responsável pela administração dos mercados, informou através de nota que lamenta o ocorrido. E informou que a segurança do local é de responsabilidade de Guarda Municipal de Aracaju (GMA), que possuem equipes durante todo o expediente do mercado.

Segundo a Guarda Municipal de Aracaju, oito homens fazem a segurança dos três mercados centrais durante 24 horas.


Nenhum comentário:

LEIA TAMBÉM