quinta-feira, 20 de julho de 2017

Governo do Estado adquire 30 ambulâncias para Samu

Assinatura da nota de empenho, no valor de R$ 4,2 milhões, foi realizada nesta terça-feira, 18 e o anúncio ocorreu durante reunião entre o governador em exercício Belivaldo Chagas e o secretário de Saúde, Almeida Lima.

ASN - O governo do Estado, por meio da secretaria de Saúde, assinou nota de empenho finalizando processo de aquisição de 30 novas ambulâncias para atender o Serviço Móvel de Urgência (Samu). Os veículos estão sendo adquiridos com recursos do Tesouro Estadual, no valor de R$ 4,2 milhões. O anúncio foi feito na tarde desta terça-feira, 18, durante reunião entre o governador em exercício Belivaldo Chagas e o secretário de Saúde, Almeida Lima, o secretário de Estado da Fazenda, Josué Modesto, e assessores da Sefaz. Na ocasião, os gestores discutiram os problemas enfrentados pela Pasta.

O secretário de Estado da Saúde, Almeida Lima, informou que o governo de Sergipe, em breve, estará equacionando os problemas do atendimento do Samu no estado. “Estaremos saindo de uma situação de quase zero, para uma situação confortável”, revelou, acrescentando que além da aquisição das 30 ambulâncias, mais 26 já haviam sido compradas e 41 encontram-se em manutenção. Com mais as 17 ambulâncias que estão no momento em circulação, serão 114 carros. As ambulâncias serão distribuídas entre as unidades de base do Samu de Aracaju e unidades hospitalares do interior.

“Colocamos que dentro de seis ou oito meses estaríamos equilibrando a assistência à saúde no estado e estamos conseguindo”, ressaltou, ao lembrar que também comprou 200 pneus no valor de mais de R$ 100 mil. Os pneus serão para as ambulâncias que estão em manutenção.

Almeida Lima destacou, ainda, que já conseguiu comprar três tomógrafos, sendo que um já está sendo instalado no Hospital de Urgência (Huse) e os outros dois vão para os hospitais de Itabaiana e Estância.

Integração

Semana passada, Belivaldo Chagas despachou na secretaria de Estado da Educação (Seed). Nesta quarta-feira, ele vai se reunir com a equipe da Segurança Pública na sede do Comando da Polícia Militar.

De acordo com o governador em exercício, é importante ir às secretarias para ouvir os gestores, técnicos e assessores sobre os problemas de cada Pasta. "Precisamos ouvir nossos técnicos e buscar as soluções para os problemas que afligem a população", afirmou.

Ele disse que é preciso acompanhar os investimentos na Saúde, uma vez que, por determinação constitucional, os estados têm que investir 12% do que arrecada na área. “Precisamos conversar com os secretários e técnicos mais de perto, para poder passar todas as informações ao governador Jackson Barreto quando ele retornar”, destacou.

Nenhum comentário:

LEIA TAMBÉM