terça-feira, 18 de julho de 2017

Diego Alves é apresentado e exalta história do Flamengo

Gazeta Press - O Flamengo apresentou nesta segunda-feira o goleiro Diego Alves. O jogador, que estava no Valencia-ESP, assinou contrato até 2020. Ele chega com status de ídolo e com a incumbência de acabar com a desconfiança no setor.

Diego Alves revelou que tinha outras propostas, de clubes europeus, mas preferiu acertar com os rubro-negros. O goleiro elogiou os dirigentes flamenguistas na negociação.

“Tivemos semanas difíceis de negociação. Queria agradecer a todas as partes que fizeram com que esse sonho pudesse acontecer.

Eu, quando tive esse primeiro contato com o Flamengo, tinha outras propostas na Europa, mas desde quando o Flamengo entrou na situação foi conversado de uma forma franca. Eu senti essa honestidade da parte do Flamengo. Esse foi um dos motivos que, junto do meu desejo, me fez vestir esse manto, voltar ao Brasil e jogar nesse time que, antes de assinar, falei que era o clube que atrai qualquer jogador do mundo”, destacou o novo reforço.

Diego Alves rechaçou ter escolhido o Flamengo para poder ficar próximo dos olhos do técnico Tite, da Seleção Brasileira. O goleiro destacou que chegou por conta do projeto do clube.

“A vinda para o Flamengo foi pensando no Flamengo, pensando na minha vida profissional no Flamengo. Acredito que a Seleção Brasileira é um prêmio pelo momento que o jogador vive no seu clube. Em todos os clubes em que passei, tive a oportunidade de estar na Seleção. Vou trabalhar bastante para também ser convocado no Flamengo. O projeto do Flamengo é muito sério. É um projeto que já vem construindo há anos. Dá para ter uma noção. É um projeto que chamou bastante atenção. Esse projeto é um projeto bastante importante que eu quero ajudar a crescer”, explicou.

O recém-chegado também falou sobre a fama de ser pegador de pênaltis, sendo o maior defensor de penalidades da história do Campeonato Espanhol. Diego Alves afirmou não saber a razão pela qual defende muitas penalidades.

“Eu sei que é um assunto que se debate bastante, por eu defender bastante pênalti, mas eu levo com naturalidade. Tem de perguntar para os cobradores. Na Espanha sempre me perguntaram isso, mas eu não gosto de pênalti. Não gosto, mas estou sempre preparado. Antes do pegador de pênalti, vem o Diego Alves goleiro, que tem de ser importante em muitas outras coisas”, comentou.

Por fim, o goleiro elogiou o futebol nacional. Há dez anos fora do país, Diego Alves destacou que muitos atletas estão pensando em retornar pela melhora na estrutura dos clubes brasileiros. O jogador fez questão de exaltar a história do Flamengo.

“Eu acho que o futebol brasileiro melhorou bastante. Isso demonstra a vontade de os jogadores voltarem para jogar no futebol brasileiro. Quando se fala no Flamengo, se fala em título. A história do clube te exige falar de título. Claro que é cedo, tem muito chão pela frente, mas é importante. É um objetivo do clube, dos jogadores. Acho que temos chances, sim, de ter uma grande alegria”, finalizou.

Diego Alves ainda não tem um número específico que irá usar. Os dirigentes rubro-negros esperam poder regularizar o goleiro o mais rápido possível. A tendência é a de que o recém-contratado tenha condições de jogo no fim de semana.


texto

Nenhum comentário:

LEIA TAMBÉM