domingo, 9 de julho de 2017

Cruzeiro encerra série positiva do Palmeiras e entra no G6

Gazeta Esportiva - O Cruzeiro se aproximou do G6 do Campeonato Brasileiro durante a tarde deste domingo. No Estádio do Mineirão, o time dirigido por Mano Menezes acabou com uma série de quatro vitórias consecutivas do Palmeiras no torneio nacional ao ganhar por 3 a 1.

Com gols de Thiago Neves, Hudson e Élber, o Cruzeiro chegou aos 17 pontos ganhos e saltou, pelo menos temporariamente, para o sexto lugar da tabela de classificação. O Palmeiras, com os mesmos 19 pontos, permanece na quarta posição e vê a distância em relação ao líder Corinthians aumentar para 13 pontos.

Os dois clubes voltam a campo para disputar a 13ª rodada do Campeonato Brasileiro às 21h45 (de Brasília) desta quarta-feira. No Estádio Palestra Itália, o Palmeiras protagoniza o maior clássico paulista contra o Corinthians. Já o Cruzeiro pega o Atlético-PR, na Arena da Baixada.

O Jogo – A única chance de gol do Palmeiras no primeiro tempo foi uma cobrança de falta perigosa efetuada por Bruno Henrique. O atacante Roger Guedes, em uma jogada individual, e o zagueiro Mina, em uma disputa pelo alto, pediram pênaltis ao árbitro Péricles Bassols.

O Cruzeiro, então então discreto, inaugurou o marcador aos 31 minutos do primeiro tempo. Thiago Neves recebeu de Alisson na entrada da área, conduziu para o lado esquerdo e, acossado por Luan, finalizou de carrinho para marcar um golaço. O goleiro Fernando Prass chegou a sair, mas caiu antes e não conseguiu defender.

Quatro minutos antes do final do tempo regulamentar, o Cruzeiro aumentou sua vantagem. Lucas Romero recebeu na intermediária pela direita e, sem ser incomodado por Egídio, bateu. Hudson desviou de cabeça e Prass não teve reflexo para evitar o gol.

No intervalo, Cuca trocou Mayke pelo atacante Keno e passou a jogar com Tchê Tchê na lateral direita. O Palmeiras diminuiu sua desvantagem aos 16 minutos do segundo tempo. Em uma jogada pela ala, Tchê Tchê tocou na frente para Roger Guedes, que cruzou para cabeçada firme de Willian.

Com o Palmeiras dominando as ações no segundo tempo, o técnico Mano Menezes trocou Rafael Sóbis por Sassá e viu o atacante cabecear para defesa de Prass logo depois de entrar. O palmeirense Cuca, por sua vez, tirou o veterano Zé Roberto e Egídio para colocar Raphael Veiga e Michel Bastos, respectivamente.

Com Keno e Michel Bastos posicionados pelo lado esquerdo, o Palmeiras procurou o empate pela ala, mas não conseguiu criar novas chances de gol. Colocado no lugar de Thiago Neves, Élber recebeu pela direita já nos acrésciomos, invadiu a área e bateu em cima de Fernando Prass. Ele mesmo pegou o rebote e fechou o placar.

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO 3 X 1 PALMEIRAS


Data: 9 de julho de 2017, domingo
Local: Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Péricles Bassols Pegado Cortez
Assistentes: Clovis Amaral da Silva e Cléberson do Nascimento Leite
Público: 15.129 pagantes
Renda: R$ 387.378,00
Cartões amarelos: Ariel Cabral (CRU); Mayke, Tchê Tchê, Dudu e Willian (PAL)
Gols:
CRUZEIRO: Thiago Neves, aos 31 minutos do 1º Tempo, Hudson, aos 41 minutos do 1º Tempo, e Élber, aos 46 minutos do 2º Tempo
PALMEIRAS: Willian, aos 16 minutos do 2º Tempo

CRUZEIRO: Fábio, Lucas Romero, Leo, Murilo Cerqueira e Diogo Barbosa; Henrique, Hudson (Lucas Silva), Ariel Cabral e Thiago Neves (Élber); Alisson e Rafael Sóbis (Sassá)
Técnico: Mano Menezes

PALMEIRAS: Fernando Prass; Mayke (Keno), Mina, Luan e Egídio (Michel Bastos); Bruno Henrique e Tchê Tchê; Roger Guedes, Zé Roberto (Raphael Veiga) e Dudu; Willian
Técnico: Cuca

texto

Nenhum comentário:

LEIA TAMBÉM