terça-feira, 11 de julho de 2017

Confiança empata em 1 a 1 com ASA-AL na Arena Batistão

Dragão fez 1 a 0 no primeiro tempo, mas levou gol no segundo.

Por Igor Matheus, Infonet - 
O jejum de vitórias do Confiança dentro de seus próprios domínios na Série C segue firme. Na noite desta segunda-feira, 10, pela nona rodada da competição, o time sergipano saiu na frente no primeiro tempo, mas sofreu no segundo até levar o empate e sair do estádio Lourival Baptista com um 1 a 1 diante do ASA de Arapiraca. O resultado poderia ter sido ainda pior: o time alagoano chegou a perder um pênalti na segunda etapa.

Com o resultado, o Confiança soma sua sétima partida sem vencer e é o sexto colocado com 10 pontos. Na próxima rodada, no sábado, 15, o time azulino visitará o Salgueiro no estádio Cornélio de Barros.

O jogo

Com os dois times pressionados na tabela, a expectativa era de um jogo duro e disputado palmo a palmo desde o começo. Mas o que se viu nos primeiros 15 minutos foi um festival de lambanças: inseguros, instáveis e sem personalidade tática, Confiança e ASA se limitaram a mostrar que sabiam dar passes errados. Até que, aos 16, o ex-Confiança Leandro Kível sentiu a coxa e teve de ser substituído. Coincidência, ou não, aos 18 surgiu a primeira chance do jogo – e para o ASA: Juninho fez a bola subir com um toque e bateu um belo voleio para defesa de Henrique.

O Confiança respondeu imediatamente aos 20. Após cruzamento rasteiro de Léo Ceará, Jussimar chegou atrasado e por pouco não abriu o placar. Aos 35, Juliano recebeu na área e chegou a balançar as redes, mas o bandeirinha assinalou impedimento. Uma sequência de jogadores caídos fez o juiz determinar cinco minutos de acréscimo. Mais uma sequência de lesões nos próprios acréscimos fez o juiz somar mais um minuto. E foi nesse minuto que o Confiança fez o que não havia conseguido nos outros 50. Após cruzamento da direita, Thiago Silvy apareceu na pequena área e, de peixinho, completou para o meio da rede: Confiança 1 a 0 e torcida em festa no intervalo.

Mas a história mudou completamente no segundo tempo. Apesar de manter a posse de bola, o Confiança não ameaçou o ASA nos primeiros minutos. O time alagoano, por outro lado, cresceu pra cima do anfitrião. Aos 11, o lateral alvinegro Éverton cobrou falta e acertou o travessão. Aos 15, após escanteio, foi a vez de André Lima acertar uma cabeçada firme – também no travessão. E aos 22, Nata desviou de cabeça após cobrança de falta, mas Henrique pegou. O sufoco intermitente prenunciava o pior. E o pior aconteceu.

Aos 24, após mais um escanteio, a bola foi parar nos pés de Juliano, que de primeira mandou a bola no ângulo direito diante de um Henrique imóvel: era o empate, 1 a 1. Empolgado, o ASA continuou em cima – e aos 32, conseguiu um pênalti quando o juiz viu toque de mão de Gabriel na área. Mas na cobrança, Juliano mirou em alguma coisa atrás da trave – e mandou a pelota pra fora. Nos últimos 10 minutos, a partida esquentou e se tornou uma batalha de contra-ataques – mas nenhum deles terminou em grande coisa. E o placar permaneceu o mesmo até o final.

FICHA TÉCNICA
Confiança 1 x 1 ASA-AL

Gols: Thiago Silvy (51 ‘1t), Juliano (24’ 2t)

CONFIANÇA
Henrique, Arlan (André Beleza), Mimica (Gabriel), Anderson, Felipe Cordeiro, Radar (Madona), Everton Santos, Jardel, Léo Ceará, Jussimar, Thiago Silvy

ASA-AL
Carlão, Everton, André Lima, Eron, Nata, Airton (Thiaguinho), Juliano, Juninho, Leandro Kível (Brunão), Doda, Djalma (Rafael Tavares)

Cartões amarelos: Arlan, Mimica, Eron, Juliano, Juninho
Renda: R$ 68.078
Público pagante: 4090

texto

Nenhum comentário:

LEIA TAMBÉM