domingo, 16 de abril de 2017

José Antônio Torres Neto, proprietário da Torre, é encaminhado a hospital

Segundo advogado, ele teve princípio de infarto.

O emempresário José Antônio Torres Neto dono da empresa Torre, que estava preso na 8ª Delegacia Metropolitana, no Bairro Novo Paraíso, foi encaminhado ao Hospital de Urgência de Sergipe (Huse) na noite desta sexta-feira (14).

Segundo a assessoria do hospital, ele teve alta de pressão e continua internado em observação.



O advogado do empresário, Evânio Moura, informou que vai esperar um relatório médico do hospital para pedir um novo habeas corpus com base no estado de saúde do cliente.

Na tarde deste sábado, o advogado disse que o empresário foi levado ao Hospital Cirurgia por recomendação médica. Ele vai passar por exames para avaliar se uma cirurgia é recomendável. O Evânio Moura ainda afirma que Torres teve um princípio de infarto.

Entenda o caso

A Secretaria de Segurança Pública (SSP/SE) informou na segunda-feira (10), detalhes sobre a prisão do empresário José Antônio Torres Neto dono da empresa Torre, umas das responsáveis pela coleta de lixo na capital sergipana, recentemente contratada pela Prefeitura de Aracaju. A prisão faz parte da Operação Babel, desencadeada pela Polícia Civil por meio do Departamento de Crimes contra a Ordem Tributária e Administração Pública (Deotap).

“Ficou comprovado que empresário havia tentado ocultar provas importantes e diante disso foi pedida a sua prisão. Inclusive, tentou ocultar um telefone celular no momento da sua prisão jogando o aparelho no lixeiro de um banheiro. O que foi negado por ele, que disse que o celular caiu na lixeira”, explicou o delegado e coordenador da Polícia Civil, Alessandro Vieira.

O delegado do Departamento de Repressão a Ordem Tributária e Administração Pública (Deotap) Gabriel Nogueira Júnior disse que o celular foi recuperado pelos policiais e que o inquérito deve ser concluído nos próximos dias. “Os trabalhos serão fechados e encaminhado ao judiciário na próxima terça-feira”, disse.

O empresário prestou um novo depoimento na Deotap ao delegado Gabriel Nogueira Júnior, durante a tarde desta segunda-feira (10) e foi encaminhado para a 1ª Delegacia Metropolitana, onde permanece preso. 
Com Informações do G1 SE.

texto

Nenhum comentário:

LEIA TAMBÉM