domingo, 2 de abril de 2017

Governo entrega cinco novas viaturas ao IML e uma ao Instituto de Criminalística

Veículos trarão agilidade e evolução nos serviços prestados à população.

A Secretaria da Segurança Pública de Sergipe, por meio da Coordenadoria Geral de Perícias (Cogerp), realizou no início da manhã desta sexta-feira, 31, a entrega de seis novas viaturas, sendo cinco delas tipo, rabecão para o serviço de transporte de corpos do Instituto Médico Legal (IML); e uma para o serviço de perícia, realizado nas ocorrências em que seja acionado o Instituto de Criminalística.

No caso do IML, são dois veículos Renault/Master, tipo furgão, com capacidade para quatro urnas; e três caminhonetes GM/S10, com capacidade para três urnas; e para a Criminalística um veículo Citroën SUV (Sporty Utility Vehicle), modelo Aircross.

Os veículos recebidos fazem parte do plano de modernização e reaparelhamento do IML e do Instituto de Criminalística. Os cinco rabecões do IML são oriundos de recursos do Proinveste e atingem o montante de R$ 775.520,00. Já a viatura recebida pela Criminalística é resultado de uma doação realizada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, via Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), onde foram investidos R$ 81.052,00.

Segundo o diretor da divisão de transportes da Secretaria de Segurança Pública, Adriano Machado Bandeira, os novos rabecões possuem uma série de características que os tornam aptos a desempenharem suas funções em locais de difícil acesso, graças à tração 4x4, e outros dispositivos como ar-condicionado, bancos revestidos, som, que tornam a viatura mais eficiente e confortável para o condutor. “Além disso, os veículos contam também com uma lanterna acoplada ao sistema do carro para casos de locais com baixa ou nenhuma iluminação”, ressaltou.

Conforme ele, foi necessário que os veículos sofressem algumas adaptações para atender à atividade fim do rabecão, entre elas, a instalação do baú de alumínio próprio para os transportes das urnas, reservatório de água para higienização do servidor após o manuseio, iluminação interna do báu, farol de embarque traseiro, farol de busca, ventiladores de teto com exautores, protetores de cárter e tanques.

De acordo com o coordenador da Coordenadoria Geral de Perícias, Moisés Chagas, a recente aquisição das viaturas é de grande importância, principalmente no sentido de aprimorar o trabalho já prestado à sociedade, porque “pensar em mecanismos mais eficientes e modernos na remoção de corpos, garante uma remoção eficiente, minimizando com isso o sofrimento dos familiares. O intuito principal é a agilidade de todo o serviço, e as seis novas e modernas viaturas são entregues hoje, não somente ao IML e ao Instituto de Criminalística, mas também à sociedade”.

Para o diretor do IML, Dr. José Aparecido Cardoso, a chegada dos veículos representa uma grande conquista não apenas para os profissionais do órgão, quanto para a população, pois, segundo ele, “os procedimentos de remoção de cadáveres serão mais ágeis e realizados de maneira mais satisfatória, garantindo a prestação de um trabalho com mais qualidade e eficiência. Sem contar que com transporte mais adequado poderemos oferecer mais dignidade não só para o morto, mas para toda a sua família”.

Presente à solenidade, o diretor do Instituto de Criminalística, Nestor Joaquim Bastos, aproveitou a oportunidade para elogiar a qualidade dos equipamentos disponíveis nos veículos: “toda essa tecnologia facilitará no desenvolvimento dos trabalhos, seja na coleta de material orgânico como no transporte dos nossos peritos aos locais de crimes, de forma a otimizar os trabalhos tanto na cena de crime quanto na realização de exames posteriores”.

E quem também comemorou a vinda das novas viaturas foi o José Domingos Filho, que atua há aproximadamente 12 anos como motorista das viaturas do IML. Para ele, a nova frota vem em boa hora: ”para nós, que trabalhamos nessa função, é importante contar com um veículo bem equipado e confortável, e a chegada desses novos veículos representa esse desejo. Parabenizo todos os envolvidos que possibilitaram a vinda dessas novas viaturas”, finalizou.


Com informações da ASN.

texto

Nenhum comentário:

LEIA TAMBÉM