sábado, 4 de março de 2017

Vereadores de Laranjeiras aprovam 21,1% de aumento no orçamento da Prefeitura

Os vereadores de Laranjeiras aprovaram, por unanimidade, nesta quinta-feira, (2), o Projeto de Lei nº 01/2017, de autoria do Poder Executivo, que abre créditos suplementares no valor de R$ 22.151.700,00 (21,1%) para o orçamento deste ano. Porém, por seis votos a favor e cinco contra, os representantes do legislativo municipal aprovaram os requerimentos 01,02,03 e 04, de autoria do vereador José Carlos Sizino Franco (JJ – PMDB).

Nos requerimentos, o peemedebista, com o apoio da bancada de oposição, solicita que a prefeitura de Laranjeiras envie a folha de pessoal, contendo informações dos efetivos, contratados e comissionados e respectivos nomes e setores onde desempenham as funções, além de todas as cópias de portarias de nomeações acompanhadas com os devidos atestados de bons antecedentes de todos os ocupantes de cargos.

A bancada de oposição aprovou também os requerimentos de nº 03 e 04, que requer cópias de todos os balancetes financeiros, contendo receitas e despesas relativas ao mês de janeiro de 2017, assim como as licitações e contratos da prefeitura na atual gestão municipal. Como também, de acordo com a aprovação, a prefeitura deve enviar cópia de todos os empenhos financeiros e os pagamentos realizados no referido mês.

Preocupação com a aplicação dos recursos


Diante da aprovação do crédito suplementar de 21,1% no orçamento da prefeitura para este ano, alguns vereadores se mostraram preocupados com a aplicação dos recursos solicitados pelo Executivo, porém afirmaram que a fiscalização será rigorosa. “Não medimos esforços para a aprovação no aumento do orçamento da Prefeitura, mas vamos fiscalizar a aplicação de cada centavo e queremos do gestor municipal transparência nas ações”, disse o vereador Adriano Carvalho.


O vice-presidente da casa legislativa, Jânio Dias, também demonstrou preocupação com a aplicação dos recursos e sugeriu que a Prefeitura envie à Câmara uma prestação mensal das contas. “Além de fiscalizar os gastos da Prefeitura é necessário que a equipe do prefeito Paulo Hagenbeck envie todos os meses a prestação de contas de cada centavo que está sendo investido”, frisou Jânio.

Hospital São João de Deus



Outra preocupação apontada pelos vereadores de Laranjeiras na sessão desta quinta-feira é falta de pagamento dos profissionais que prestam serviço no Hospital São João de Deus, que já estão há dois meses sem receber.

 “Tememos que a unidade de saúde volte a fechar as portas, como já aconteceu no passado, na gestão Paulo Hagenbeck e os laranjeirenses voltem a ficar sem atendimento de saúde, o que se torna um caos, já que a população tem que se dirigir até Aracaju e superlotar os hospitais da capital”, alertou o vereador JJ. Com informações da T.Dantas / CML.

texto

Nenhum comentário:

LEIA TAMBÉM