domingo, 12 de março de 2017

Vasco empata com o Macaé na estreia de Luis Fabiano

A estreia de Luis Fabiano não foi como a torcida esperava no estádio Nilton Santos. O Vasco empatou por 2 a 2 com o Macaé, neste domingo, na estreia da Taça Rio. Com o resultado, os cruzmaltinos perderam a chance iniciar o segundo turno do Campeonato Carioca na liderança do grupo C. Já a equipe da Região dos Lagos conseguiu seu primeiro ponto no Estadual.

O Vasco começou bem a partida e abriu o placar com Nenê. No entanto, os cruzmaltinos viram o Macaé virar ainda no primeiro tempo, com gols de Hudson e Rafinha.

No segundo tempo, os vascaínos empataram com Rodrigo, mas não conseguiram a virada e tiveram que se contentar com a igualdade.

Na próxima rodada, o Vasco terá o clássico contra o Botafogo, no próximo domingo, no Maracanã. No mesmo dia, o Macaé terá pela frente a Portuguesa, em Moça Bonita.

O jogo – O Vasco começou a partida pressionando o Macaé, mas sofria com a retranca do adversário. Tanto que na primeira boa chance, os cruzmaltinos abriram o placar no Nilton Santos. Nenê tabelou com Douglas e recebeu passe na área. O meia passou por um marcador e chutou cruzado, sem chance para Milton Raphael.

Mesmo após o gol, o Vasco seguiu com o domínio da partida. Aos 20 minutos, Luis Fabiano quase ampliou após cruzamento de Douglas. No entanto, o goleiro Milton Rapahel fez grande defesa para salvar o Macaé. Aos poucos, o Macaé conseguiu avançar e conseguiu o empate aos 25 minutos. Depois de longa troca de bola, Zotti cruzou pela direita e Hudson apareceu livre para cabecear para a rede.

Os vascaínos sentiram o revés e viram o Macaé ter um leve domínio, mas logo se recuperaram e voltaram a buscar o ataque com mais intensidade. Nos minutos finais, o Vasco tentou esboçar uma pressão, mas viu o Macaé virar o placar aos 44 minutos. Em contra-ataque rápido, Rafinha foi lançado na área e tocou na saída de Martín Silva para a rede. Antes do intervalo, a equipe da Região dos Lagos ainda desperdiçou outra oportunidade, nos acréscimos, com Ronaldo, que parou no goleiro vascaíno.

Segundo tempo – 
Os cruzmaltinos voltaram buscando o empate e quase chegaram ao gol aos quatro minutos. Após escanteio, Rodrigo cabeceou no travessão. No entanto, os vascaínos seguiam tendo problemas para criar boas chances de perigo e viam o Macaé assustar nos contra-ataques. Aos 12, Marquinho chutou da entrada da área, mas Martín Silva fez a defesa. No minuto seguinte, após escanteio, Ramon cabeceou próximo ao gol.

O confronto ficou mai aberto, com as duas equipes buscando o ataque. Só que, com espaço, o Vasco se tornou mais perigoso e chegou ao empate aos 19 minutos. Após cruzamento de Guilhmerme, Luis Fabiano cabeceou, Milton Raphael espalmou no pé de Rodrigo, que chutou para a rede.

O Macaé não diminuiu o ritmo com o revés e quase marcou o terceiro aos 21 minutos. O Vasco tinha mais posse de bola, mas sofria na criação das jogadas. No entanto, nas bolas paradas continuava perigoso. Tanto que aos 36 minutos, Nenê cobrou falta com categoria, mas viu a bola ir na trave. Nos minutos finais, o panorama da partida não mudou. O Vasco teve mais posse de bola, mas pouco incomodou o goleiro Milton Raphael. O Macaé recuou, só que conseguiu impedir a pressão dos cruzmaltinos.

Madureira e Resende empatam – No outro da tarde deste domingo pela Taça Rio, Madureira e Resende ficaram no empate por 1 a 1, em Conselheiro Galvão. Jhulliam abriu o placar para os visitantes, mas Souza empatou para o Tricolor Suburbano.

FICHA TÉCNICA:
MACAÉ 2 X 2 VASCO


Local: estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 12 de março de 2017, domingo
Hora: 16h (de Brasília)
Árbitro: Diego da Silva Lourenço
Assistentes: Silbert Faria Sisquim e Diego Luiz Couto Barcelos
Renda: R$ 166.630,00
Público: 5.367 pagantes
Cartões amarelos: Aislan, Rafael Lourenço e Hudson (Macaé); Jomar, Yago Pikachu e Nenê (Vasco)
GOLS
MACAÉ: Hudson, aos 25min do primeiro tempo; Rafinha, aos 44min do primeiro tempo
VASCO: Nenê, aos 13min do primeiro tempo; Rodrigo, aos 19min do segundo tempo

MACAÉ: Milton Raphael, Ronaldo, Aislan, Ramon e Ebert; Alan, Rafinha (Rafael Lourenço), Wagner Carioca, Marquinho e Zotti (Xavier); Hudson (André Paulino)
Técnico: Toninho Andrade

VASCO: Martín Silva, Gilberto (Yago Pikachu), Jomar, Rodrigo e Henrique; Jean, Douglas, Wagner (Guilherme) e Nenê; Kelvin (Muriqui) e Luís Fabiano
Técnico: Cristóvão Borges

Informações do Gazeta Press - Rio de Janeiro, RJ.

texto

Nenhum comentário:

LEIA TAMBÉM