terça-feira, 28 de março de 2017

Temer sanciona leis de 'empoderamento da mulher' após gafes

Presidente assinou nesta segunda-feira texto que cria semana nacional de conscientização sobre o combate à violência contra a mulher.

O presidente Michel Temer sancionou, nesta segunda-feira (27), três leis voltadas à igualdade de gênero. No último dia 8, Dia Internacional da Mulher, o peemedebista causou desconforto ao dizer que as mulheres são importantes para a economia porque analisam melhor as flutuações de preços nos supermercados.



A nota divulgada pelo Palácio do Planalto fala em "empoderamento das mulheres". De acordo com o jornal O Globo, uma das leis sancionadas cri a semana nacional de conscientização sobre o combate à violência contra a mulher, que será celebrada na última semana de novembro.

O ato de Temer aprovou, ainda, inclusão de Clara Camarão e Antonia Alves Feitosa no Livro dos Heróis e Heroínas da Pátria, que fica no Panteão da Pátria e da Liberdade Tancredo Neves, em Brasília.

De acordo com o comunicado do Planalto, Clara Camarão, segundo a nota, teve foi fundamental para a vitória dos brasileiros na Batalha de Guararapes, em 1648. Já Antonia Feitosa foi uma das vozes a lutar contra a discriminação e lutou no Exército durante a Guerra do Paraguai.

Segundo o presidente, a inclusão do nome das heroínas no Livro dos Heróis da Pátria "preenche uma lacuna na historiografia oficial e serve como estímulo à reflexão pelas gerações atuais e futuras sobre o papel decisivo desempenhado pelas mulheres brasileiras nos episódios mais críticos e relevantes da história nacional".

Notícias ao Minuto

texto

Nenhum comentário:

LEIA TAMBÉM