quinta-feira, 30 de março de 2017

Governador e presidente da Codevasf debatem Canal do Xingó nesta sexta, dia 31

Reunião será no Palácio dos Despachos, às 16 horas, e reunirá técnicos do governo, deputados estaduais e federais.

O governador Jackson Barreto reunirá com a presidente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales de São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), Kênia Marcelino, sobre a retomada do projeto do Canal de Xingó. 


O debate acontece no Palácio dos Despachos, às 16 horas, e reunirá técnicos do governo, deputados estaduais e federais.


O encontro desta sexta é resultado da iniciativa e do esforço do governador Jackson Barreto, que retomou o debate sobre a importância da obra para Sergipe. O projeto do Canal de Xingó pretende maximizar a oferta de recursos hídricos no Sertão sergipano, melhorando, assim, os Índices de Desenvolvimento Humano (IDHs) na região.

No último dia 15, o chefe do Executivo estadual reuniu deputados federais e estaduais de Sergipe em audiência com o líder do Governo no Congresso Nacional, o deputado André Moura, para tratar da obra. Jackson enfatizou a crise hídrica que o estado vem enfrentando e disse que para garantir o abastecimento de água, é preciso união da bancada sergipana em favor de obras estruturantes. A solicitação do gestor foi pela garantia dos recursos para execução do projeto executivo e da construção do Canal.

Esse requerimento começou a ser atendido na última quarta-feira, 29, quando o governador recebeu a informação de que André Moura conseguiu, junto ao governo federal, R$ 20 milhões para a obra. O projeto do Canal de Xingó prevê, na primeira fase, uma construção que abrange desde a captação de água no reservatório de Paulo Afonso (BA), passando por Santa Brígida (BA), Canindé de São Francisco (SE), chegando a Poço Redondo (SE). Nas fases seguintes, o canal se estenderá por Porto da Folha, Monte Alegre de Sergipe e Nossa Senhora da Glória onde irá bifurcar até Carira e Ribeirópolis.


Com informações da ASN


texto

Nenhum comentário:

LEIA TAMBÉM