quarta-feira, 22 de março de 2017

Funcionários do Hospital de Laranjeiras sofrem sem salários há quase 90 dias

O que mais a população de Laranjeiras temia está acontecendo; a falta de atendimento no Hospital São João de Deus. Desde janeiro sem receber salários, falta de medicamentos e material de trabalho, os servidores da unidade estão em greve desde a última quarta-feira. Apenas serviços de urgência e emergência são realizados no local. O atendimento é feito por apenas um médico, um enfermeiro e dois técnicos de enfermagem. Por conta da situação precária, os trabalhadores realizaram um ato nesta segunda-feira em frente à Prefeitura. 


Segundo informações, não há diálogo entre a unidade hospitalar e a gestão municipal. “Ninguém fala nada. Eles só dizem que não vão pagar e pronto”, ressalta a enfermeira Camila Guimarães. De acordo com a profissional da saúde, a prefeitura pede documentos, que são enviados, mas não há retorno quanto ao pagamento.

Enquanto isso, a população, que segundo a enfermeira, é bastante carente, sofre sem a assistência médica. “Não temos condições de atender porque, além dos salários, também falta material, como o soro”, revela.

Há várias sessões, os vereadores que compõem a bancada de oposição do município vem cobrando da gestão municipal uma solução, mas nenhuma medida foi adotada pela Prefeitura para evitar a greve e a suspensão do atendimento, que é referência na região. Diante da gravidade e do impasse entre as partes, o caso está sendo encaminhado para ser resolvido na Justiça.


Bancada do prefeito

Os vereadores da bancada de situação na Câmara também se mostram preocupados com com o possível fechamento do Hospital e o atraso no pagamento dos salários dos funcionários. Já se reuniram com o prefeito e cobraram solução do grave problema, mas até agora nada.

Com informações da T. Dantas.

texto

Nenhum comentário:

LEIA TAMBÉM