quinta-feira, 30 de março de 2017

Eduardo Amorim revela que já recebeu convite para comandar o PMDB em Sergipe

As declarações do senador Eduardo Amorim (PSDB), foram feitas durante entrevista ao programa Jornal da Ilha.

Na avaliação de Amorim, o governador Jackson Barreto está desprestigiado no governo federal. Mesmo Jackson sendo muito bem tratado ultimamente pelo presidente Temer e seus ministros, além da mudança de comportamento na postura de atendimento do líder do governo no Congresso, deputado federal André Moura. Que anunciou recentemente em reunião com o governador Jackson Barreto, sua ajuda na captação dos recursos para a construção do canal de Xingó, em Sergipe. Onde na tarde de ontem, 29, a assessoria do governador confirmou que André Moura já conseguiu os recursos prometidos, junto ao Governo Federal. Fica então questionada a base de argumentação da avaliação do senador Amorim. Onde está então o tal desprestígio?



Acompanhe a seguir trechos da entrevista do senado Eduardo Amorim ao programa Jornal da Ilha:
O senador Eduardo Amorim (PSDB), confirmou na manhã desta quinta-feira (30), que recebeu convite de uma grande liderança do PMDB nacional, para ingressar no partido e comandar em Sergipe.

Eduardo Amorim disse em entrevista ao programa Jornal da Ilha que recebeu o convite mas que pediu um tempo para pensar. O senador explicou que já havia firmado compromisso com o PSDB e que não havia motivo para mudar de partido, no momento.

O senador disse ainda que o governador Jackson Barreto (PMDB), não tem credibilidade junto ao governo federal e a direção nacional do partido, por conta do que ocorreu à época do impeachment da ex-presidente Dilma. “Ele não tem crédito junto ao governo federal. Os adjetivos e predicados que eu ouvi, não tem como dizer. Esse governo não tem crédito nem mesmo dentro de seu partido”, disse Amorim, afirmando que “o Governo do Estado não tem crédito aqui em Brasília e agora rodeia André, ele como um bom líder atende educadamente”.

Eduardo explicou ainda sobre o convite para ingressar no PMDB, que durante a conversa que teve com o líder do partido, indicou o deputado federal e líder do governo no Congresso, André Moura (PSC), para assumir o partido em Sergipe.

Eduardo Amorim acredita que André Moura deverá futuramente assumir o PMDB em Sergipe. O senador disse ainda que não acredita em uma união entre André e Jackson.

O senador também criticou a atuação do governo nas secretarias de Segurança, Saúde e Educação. “Sergipe está vivendo um verdadeiro caos diante de um governo mentiroso. O Governo não tem dinheiro para comprar ambulância, mas tem para fazer propaganda enganosa?. O Governo recebeu verba no final do ano, como a repatriação, mas não pagou os servidores e não colocou os salários em dia”, afirmou.

Com informações de Munir Darrage, do Faxaju.


texto

Nenhum comentário:

LEIA TAMBÉM