quinta-feira, 2 de março de 2017

Após 12 dias no Palácio da Alvorada, Temer volta com família para o Jaburu

Família Temer não gostou muito do Alvorada. Achou que Palácio do Jaburu, a residência oficial da vice-presidência, se parece mais com uma casa.

O presidente Michel Temer desistiu de morar no Palácio da Alvorada e decidiu voltar a residência oficial de vice-presidente da República. Temer ficou só 12 dias no Alvorada.

A família Temer não gostou muito do Alvorada, não. Achou que o Palácio do Jaburu, que é a residência oficial da vice-presidência, se parece mais com uma casa. Por isso, a mudança foi levada de volta. Mas os compromissos oficiais vão ser no Palácio da Alvorada para não atrapalhar o sossego da primeira-dama, Marcela Temer, e do filho Michelzinho.


O Palácio da Alvorada foi todo preparado a gosto da primeira-dama. Na sacada foi colocada uma tela para proteção do filho do casal, Michelzinho, como mostram imagens feitas pela repórter do G1 Luciana Amaral, na semana em que a família se mudou.

O palácio, projetado por Oscar Niemeyer e inaugurado em 1958, é tombado pelo Patrimônio, não pode passar por reforma estrutural. Mas passou por reparos.

A pintura, por exemplo, foi nos tons bege, creme e branco, atendendo o gosto pessoal da família Temer. Objetos de decoração e tapetes também foram mudados de lugar a pedido de Marcela.

Mas a família já está de novo instalada no Palácio do Jaburu, onde morava antes da troca relâmpago.

O Palácio do Planalto disse, em nota, que o Palácio da Alvorada não passou por reformas para receber a família do presidente. Disse que o palácio recebe periodicamente serviços de manutenção e reparos.

Os últimos, envolveram pintura geral do prédio, salas, pisos e reparos em armários. Com informações do 
G1.

texto

Nenhum comentário:

LEIA TAMBÉM