sábado, 18 de março de 2017

André Moura pode deixar o PSC e se filiar ao PMDB para disputar o Senado Federal

De acordo com informações divulgadas na Folha e Estadão, o líder do Governo Federal no Congresso Nacional deve mudar de partido, trocar o PSC pelo PMDB.

O deputado federal sergipano André Moura (PSC) foi notícia de dois grandes jornais brasileiros, o Estadão e a Folha. O motivo é sua possível saída do partido atual para o PMDB, do presidente Michel Temer e liderado em Sergipe pelo governador Jackson Barreto.

Na coluna Painel do Jornal Folha, cogita-se a mudança de partido do deputado, que pretende disputar uma vaga para o senado federal em 2018 pelo PMDB.



Dirigentes do PMDB querem filiar o líder do governo no Congresso, André Moura (PSC-SE), à sigla, mas nem todo o partido está disposto a recebê-lo. É preciso convencer o governador Jackson Barreto, rival de Moura em Sergipe, e o senador Renan Calheiros (AL), que já fez ataques ao deputado.

Aliado de Eduardo Cunha e representante do “centrão”, Moura quer disputar o Senado em 2018 e conta com a simpatia dos outros sete deputados do Estado.


Já a Coluna do Estadão (jornal O Estado de São Paulo) vai mais longe e diz que André pode disputar o Senado pelo PMDB:

André Moura articula trocar PSC pelo PMDB para disputar Senado

O líder do governo no Congresso, deputado André Moura, negocia trocar o PSC pelo PMDB para disputar o Senado, em 2018. O plano inicial era o governo de Sergipe, mas a realidade se impôs.

Com informações do Estadão, Folha e NE Notícias.


texto

Um comentário:

Cledson SANTOS disse...

Olhe a curva da política..

LEIA TAMBÉM