quarta-feira, 8 de março de 2017

1,65 milhão receberão crédito automático do FGTS inativo nesta sexta-feira

Outros 1,2 milhão poderão fazer o saque com o Cartão Cidadão nos caixas automáticos, lotéricas e correspondentes da Caixa.

Cerca de 1,65 milhão de clientes da Caixa Econômica receberão o dinheiro das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) automaticamente em suas contas bancárias nesta sexta-feira (10), informou o banco. Estes trabalhadores somam mais de um terço (34%) dos 4,8 milhões que têm direito ao saque no primeiro lote do calendário. 

O valor total disponível para saque em março ultrapassa R$ 6,96 bilhões e equivale a 15,9% do total disponível, segundo a Caixa.


O depósito será feito automaticamente para os clientes que têm conta poupança na Caixa, cerca de um terço dos brasileiros com contas inativas do FGTS. Os demais trabalhadores terão de solicitar o saque.

A Caixa também informou que mais de 1,2 milhão (25%) deste total poderão fazer o saque utilizando o Cartão Cidadão nos caixas automáticos, lotéricas e correspondentes da Caixa. Os demais trabalhadores deverão sacar seus recursos nas agências do banco.

O banco já começou a transferência do dinheiro das contas inativas do FGTS para quem pode sacar os recursos em março, ou seja, para os nascidos em janeiro e fevereiro. Os valores precisam, primeiro, ser debitados da conta do FGTS e transferidos para o sistema bancário da Caixa. A liberação para os clientes seguirá o calendário de saques divulgado pelo governo.

As agências da Caixa vão abrir nesta sexta-feira (10), na segunda (13) e na terça-feira (14) com duas horas de antecedência para atender quem for aos locais para sacar o dinheiro das contas inativas, para obter informações sobre saldo ou acertar o cadastro.


SAIBA TUDO SOBRE AS CONTAS INATIVAS DO FGTS

O saque das contas inativas do FGTS começa nesta sexta-feira (10) para os beneficiários nascidos nos meses de janeiro e fevereiro. O cronograma de saques se estende até o dia 31 de julho e varia de acordo com a data de nascimento dos trabalhadores.

A Caixa explica que a rotina normal de liberar o dinheiro do FGTS é de cinco dias úteis. No caso das contas inativas, o banco já está agilizando a liberação do dinheiro para que seja automática no momento em que o beneficiário for até a agência sacar o recurso. Se esse procedimento não fosse feito, uma pessoa que fosse até a Caixa pedir o dinheiro numa segunda-feira só conseguiria sacá-lo na sexta-feira, por exemplo.

A assessoria de imprensa do banco ressalta que essa antecipação do crédito só é feita para as pessoas que não têm problemas de inconsistência nas informações no cadastro do FGTS.

Como sacar?

As contas inativas com saldo até R$ 1,5 mil poderão ser sacadas nos caixas eletrônicos da Caixa apenas com a senha do Cartão do Cidadão, sem precisar levar o próprio cartão. Já para valores entre R$ 1,5 mil e R$ 3 mil será necessário que o trabalhador possua o Cartão do Cidadão e senha para pagamentos no autoatendimento. Os saques acima de R$ 3 mil deverão ser feitos nas agências.

As agências da Caixa Econômica Federal vão abrir neste sábado (11) e em outros três durante o calendário de saques para atender somente os casos de interessados em sacar o dinheiro ou obter informações sobre as contas inativas. Os demais sábados serão 13 de maio, 17 de junho e 15 de julho. Serão 1.891 agências abertas das 9h às 15h. A relação das agências está no site.

Tem direito a sacar o dinheiro do FGTS quem pediu demissão ou foi demitido por justa causa até 31/12/2015. Uma conta fica inativa quando deixa de receber depósitos da empresa devido à extinção ou rescisão do contrato de trabalho. O trabalhador deve estar afastado do emprego pelo menos desde o fim de 2015. O trabalhador, no entanto, não pode sacar o FGTS de uma conta ativa, ou seja, que ainda receba depósitos pelo empregador atual.

De acordo com o governo, são mais de R$ 43 bilhões parados nessas contas inativas e o governo calcula que, desse total, R$ 34 bilhões serão sacados pelos trabalhadores. Segundo a Caixa, as pessoas que não conseguirem fazer a retirada do dinheiro até 31 de julho não conseguirão fazer o saque em outra data. Informações do G1.



texto


Nenhum comentário:

LEIA TAMBÉM