segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

‘Não foi minha culpa’, diz motorista de carro alegórico que feriu 20

Acidente com a alegoria da escola Paraíso do Tuiuti deixou 20 pessoas feridas na noite deste sábado.

O motorista do carro alegórico que se envolveu em um acidente que deixou 20 pessoas feridas na noite deste sábado (26) na Marquês de Sapucaí, no Rio de Janeiro, prestou esclarecimentos à polícia na tarde deste domingo (27), no Rio de Janeiro. Francisco de Assis Lopes, de 53 anos, prestou depoimento aos investigadores e também pediu perdão às vítimas.



“Só quero pedir desculpas. Quero pedir desculpas a família de quem está machucado. Me perdoem. Só tenho isso a dizer. Não foi minha culpa”, disse ele à imprensa.

De acordo com o jornal Extra, os filhos de Francisco de Assis conversaram com a imprensa e disseram que essa foi a estreia do pai como motorista de um carro alegórico.

“Ele não sabia que iria dirigir o carro da forma que foi apresentado a ele. O problema foi o carro acoplado. Ele ficou sem visão do que estava fazendo. Ele não é mecânico para saber os problemas do carro. É condutor do carro”, contou Lidiane Isis dos Santos, filha de Francisco, enquanto aguardava pela saída do pai da delegacia.

Extra

texto

Nenhum comentário:

LEIA TAMBÉM