quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

18 escolas de Sergipe terão ensino em tempo integral

Sergipe terá 18 escolas funcionando em tempo integral. O Ministério da Educação divulgou uma lista das instituições que tiveram a adesão deferida ao programa que fomenta a medida. O programa já começa a ser implementado entre este ano de 2017 e 2020.
O Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Sergipe (Sintese) afirmou que decisão prejudica o ensino no estado e convocou uma plenária sobre assunto.

De acordo com o MEC, o programa, uma das iniciativas da reforma do ensino médio, estabelecida por meio da Medida Provisória nº 746, de 22 de setembro de 2016, vai repassar a primeira parcela de recursos, de R$ 230 milhões, a todas as unidades federativas já no início deste ano.

Segundo o ministro da Educação, Mendonça Filho, a antecipação do empenho para o repasse de R$ 230 milhões facilitará o início da implementação do programa para que as secretarias de Educação possam contar com esse orçamento já neste início de 2017. O cálculo do valor repassado pelo MEC, é de R$ 2 mil por aluno, anualmente.

Sintese

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Sergipe afirma que, com a resolução, milhares de alunos ficarão sem ter onde estudar e centenas de professores sem ter onde trabalhar. De acordo com o sindicato, as 18 escolas só funcionarão com o Ensino Médio Integral e deixarão de atender ao Ensino Fundamental.

Como exemplo, o Sintese aponta as escolas dos municípios de Rosário do Catete e Siriri. Em cada cidade só há uma escola da rede estadual. Para debater essas questões, o sindicato realiza plenária com os professores e professoras das 18 escolas selecionadas na próxima terça, dia 10, a partir das 8h no auditório da Escola Municipal Getúlio Vargas, no bairro Siqueira Campos em Aracaju.

SEED

A equipe de jornalismo do Portal Infonet tentou entrar em contato com a Secretaria de Estado da Educação, mas não obteve êxito. Permanecemos à disposição através do telefone (79) 2106-8000 ou pelo e-mail jornalismo@infonet.com.br.

Confira a lista das 18 escolas aprovadas para o programa:

Aracaju

C.E. Ministro Marco Maciel
C.E. Governador Valadares
C.E. Nelson Mandela
C.E. Gov. João Alves Filho
C.E. Paulo Freire

Nossa Senhora da Glória

C.E. Manoel Messias Feitosa

Estância

C.E Senador Walter Franco

Porto da Folha

C.E. Gov. Lourival Baptista

Capela

C.E. Edelzio Vieira de Melo
Nossa Senhora das Dores
C.E. Prof. Fernando Azevedo

Simão Dias

C.E. Dr. Milton Dortas

Nossa Senhora do Socorro

C.E. Prof. Nilson Socorro

Lagarto

C.E. Prof. Abelardo Romero Dantas

Neópolis

C.E. Mal. Pereira Lobo

São Cristóvão

C.E. Gaspar Lourenço

Rosário do Catete


C.E. Leandro Maciel

Siriri

C.E Cel. José J. Barbosa

Por Jéssica França
Com informações do MEC e do Sintese

Nenhum comentário:

LEIA TAMBÉM