domingo, 4 de dezembro de 2016

Sergipe se despede de Willian Thiego, veja como foi o adeus ao "zagueiro artilheiro"

Velório de Thiego em Aracaju. (Foto: João Áquila)
Ex-zagueiro da Chapecoense foi uma das 71 vítimas do acidente aéreo na Colômbia. Corpo do aracajuano chega à capital sergipana no início da tarde deste domingo.

A função primordial dele era evitar que a Chapecoense recebesse gols, mas com experiência conseguia também balançar as redes adversárias. Willian Thiego era o zagueiro com o maior número de gols no futebol nacional, por isso recebeu o apelido de “zagueiro artilheiro”. A fase era tão boa pelo clube de Chapecó que despertou o interesse do Santos, o alvinegro praiano buscava um defensor experiente para a Libertadores de 2017. Infelizmente, a tragédia da última terça-feira não deixou que isso acontecesse.

Mãe de Willian Thiego discursa durante o velório (Foto: João Áquila)
Thiego foi uma das 71 vítimas do acidente aéreo na Colômbia que levava a delegação da Chape, imprensa e convidados. Mesmo com muita chuva em Chapecó, muitas pessoas compareceram à Arena Condá no último sábado. Desde cedo, os torcedores, firmes, buscaram forças e cantaram músicas como: “O campeão voltou”, e em clima de comoção, familiares, amigos e toda uma cidade começaram a se despedir. Em Aracaju, o corpo do sergipano Thiego chegou no início da tarde deste domingo e seguiu para a casa da avó do ex-jogador. O velório aconteceu somente na Rua Recife, Bairro José Conrado de Araújo.

– A lembrança que teremos do Thiego é de uma pessoa feliz, um profissional aguerrido e que estava pronto para ser campeão – afirmou em discurso o irmão Léo de Jesus.

Irmão de Willian Thiego se emociona ao falar que o irmão "estava pronto para ser campeão" (Foto: João Áquila)
Representantes do clube formador do atleta foram ao velório e entregaram uma camisa personalizada, além da medalha João Hora de Oliveira. Depois disso, o corpo de Willian Thiego foi levado para o cemitério Colina da Saudade, no Bairro Jabotiana, onde o sepultamento foi realizado às 17h. Antes, o cortejo passou na frente do estádio João Hora, onde torcedores estarão a postos para fazer as últimas homenagens.

Cortejo de Willian Thiego pelas ruas de Aracaju (Foto: Divulgação/CSS)
A viúva Susana Ribas postou em uma rede social uma foto com Thiego e a filha. Ela escreveu a seguinte declaração: “Como era lindo este teu sorriso meu amor, este cuidado que você tinha comigo, do amor infinito por mim! Essa noite que tiramos essa foto estávamos tão feliz comemorando a classificação para final da sul americana! Todos nossos amigos reunidos, amigos mesmo, que para alguns chamavam colegas de trabalho, mas neste clube tão querido não tinha isso é sim uma FAMÍLIA! Pra sempre ao meu lado meu campeão, meu melhor zagueiro do MUNDO! Meu zagueiro artilheiro, meu grande amor e grande pai!!!! Te amoooo”

Hora mais difícil: Corpo de Thiego é enterrado (Foto: João Áquila)
Viúva Susana Ribas posta foto com Thiego e filha com texto de despedida (Foto: Reprodução/Instagram)
Mais sobre o “zagueiro artilheiro”

Natural de Aracaju, em Sergipe, Thiego iniciou a carreira no futebol no Sergipe e se destacou em 2006, ainda aos 20 anos, e chamou atenção do Grêmio. A equipe gaúcha, então, contratou o defensor. Ele atuou no Tricolor de 2007 a 2009. No ano seguinte, iniciou a carreira no exterior: foi para o Kyoto Sanga, do Japão.

Apenas uma temporada depois, Thiego retornou ao Brasil para passar por Bahia, Ceará e Figueirense, em 2011, 2012 e 2013, respectivamente. O Khazar, do Azerbaijão, foi o clube do zagueiro nas temporadas 2013/14 e 2014/15. No segundo semestre do mesmo ano, ele começou a carreira na equipe em que mais jogou: a Chapecoense. Ao todo, Thiego disputou 84 partidas e marcou nove gols pelo time catarinense.

As boas atuações de Thiego pela Chapecoense na atual temporada chamaram atenção do Santos, que buscava um zagueiro experiente para a Libertadores de 2017. No último domingo, depois da partida contra o Palmeiras, o defensor acertou os detalhes de sua transferência para o Peixe no ano que vem. Um empresário, representando o Alvinegro, foi à Arena Palmeiras acompanhar o jogo válido pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro, e levou um pré-contrato para Thiego assinar. O vínculo do zagueiro com o Santos seria de dois anos, não fosse o trágico acidente da última terça-feira, na Colômbia.

Informações do GloboEsporte.com, Aracaju


Nenhum comentário:

LEIA TAMBÉM