domingo, 18 de dezembro de 2016

Réu em três ações, Lula intensifica críticas a Moro

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva vem radicalizando o conflito com o juiz federal Sergio Moro após voltar a ser indiciado por corrupção passiva na Lava Jato, na última terça-feira (13). No total, ele é réu em três ações na operação.


Na quarta (14), os advogados do ex-presidente protocolaram uma petição em que acusam o magistrado de tratar a defesa do petista com falta de "urbanidade".

De acordo com informações da Folha de S. Paulo, a peça é resposta a um despacho de Moro do dia anterior em que o juiz afirmou que a defesa de Lula se utiliza de argumentos "desinformados" sobre ele.

O magistrado se referia à queixa-crime movida pelo petista, que quer que Moro seja afastado da Operação Lava Jor por "parcialidade".

Por meio de nota, o advogado de Lula, Roberto Teixeira, disse ser alvo de "abusos e retaliação" por parte do delegado federal Márcio Anselmo, responsável pelo indiciamento da última terça. Ele afirma que encaminhou respostas ao delegado na sexta à noite, "menos de um dia útil" antes do relatório final.

"[Foi uma] clara demonstração de que o ato já estava preparado e não havia efetivo interesse na apuração dos fatos", alegou Teixeira.


Notícias ao Minuto


texto

Nenhum comentário:

LEIA TAMBÉM