terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Empresário Cunha é internado e passa a cumprir prisão domiciliar

Empresário é suspeito de fraudes no pagamento do IPTU.

O empresário José Francisco da Cunha, preso na Operação venal deflagrada pelo Departamento de Crimes contra a Ordem Tributária e Administração Pública (Deotap) da Polícia Civil da Secretaria da Segurança Pública de Sergipe (SSP/SE), cumpre prisão domiciliar. A operação apura fraudes no pagamento do IPTU de Aracaju. Estima-se que mais de R$17 milhões deixaram de ser arrecadados pelos órgãos da Fazenda Municipal decorrentes da fraude.

De acordo com o advogado Evânio Moura, Cunha chegou a ser internado por conta de agravamento do estado de saúde. “Ele já tem 78 anos e passou muito mal e precisou ser internado da sexta-feira [2] para o sábado [3]. Nós juntamos laudos médicos e ele cumpre a prisão domiciliar”, informou.

Além do empresário, também cumpre prisão domiciliar Carlos Henrique Soares Nascimento. Segundo a SSP a prisão domiciliar foi uma determinação do judiciário sergipano. Os presos usam tornozeleira eletrônica.

Ainda, segundo a SSP, dos presos da Operação Venal, Vítor Alexandre de Barros, Luiz Humberto Rezende Machado Filho, Leovaldo Santos de Almeida e Edison José dos Santos permanecem presos na 8ª Delegacia Metropolitana e Sandra Regina da Cunha está presa na 11ª Delegacia Metropolitana.

Kátia Susanna, do Portal Infonet



texto

Nenhum comentário:

LEIA TAMBÉM