sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Delação de Odebrecht revela estratégia para manter influência de Lula

Marcelo Odebrecht contou que a empreiteira mantinha uma conta em nome do ex-presidente.

Marcelo Odebrecht, ex-presidente e herdeiro do grupo Odebrecht, contou aos procuradores da Lava Jato em delação que a empreiteira tinha um projeto para manter o poder, a relevância política e a influência de Lula após o fim do segundo mandato do ex-presidente.



Segundo a Folha de S.Paulo, uma “conta” foi criada para esse “projeto”. A denominação dada pela empresa ao projeto foi Setor de Operações Estruturadas, que acabou sendo responsável pelo pagamento de propinas, inclusive no caso relatado recentemente, acerca da compra de um terreno em São Paulo para a construção de uma sede para o Instituto Lula.

Ainda segundo o jornal paulista, o ex-ministro Antonio Palocci, que está preso, é apontado como operador da conta, sendo o encarregado da movimentação dos valores.

Mas sobre a ligação do terreno com Lula, a investigação ainda tem muito o que esclarecer, uma vez que o prédio não foi construído lá. Em nota, o Instituto Lula afirmou que não vai comentar “delações para obtenção de benefícios judiciais, muito menos especulações sobre supostas delações”.

Notícias ao Minuto

texto

Nenhum comentário:

LEIA TAMBÉM