terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Avião com Alan Ruschel e Rafael Henzel desembarca em Chapecó

Henzel e Rushcel deixaram o aeroporto de Rio Negro na tarde desta terça (Foto: AFP).

Mais dois sobreviventes do trágico acidente aéreo envolvendo o elenco da Chapecoense voltaram ao Brasil. Às 21h36 (de Brasília) desta terça-feira, o avião da Força Aérea Brasileira que transportava o lateral esquerdo Alan Ruschel e o radialista Rafael Henzel desembarcou no aeroporto de Chapecó.


Dos quatro brasileiros que seguiram vivos, mesmo após a queda no avião da LaMia, no dia 29 de novembro, Rushel e Henzel eram os que apresentavam melhor quadro clínico. No entanto, devido à cautela com a exaustão da viagem, eles permaneceram mais tempo em Medelim.

Depois do desembarque, ambos foram transferidos de ambulância para o hospital de Chapecó, onde foram recepcionados pela família e por torcedores que entoavam o grito de “o campeão voltou”. Eles devem seguir internados em observação até receberem alta.

Ruschel foi operado em solo colombiano, com uma fratura vertebral, mas não deve apresentar sequelas. Já Henzel passou por um quadro de infecção pulmonar, após fraturar sete costelas e passar por cirurgias para correção de algumas lesões ortopédicas. Os dois se recuperaram de qualquer quadro infeccioso e estão em situação médica muito satisfatória.

Eles não foram os primeiros a chegar em terras brasileiras, já que Jackson Follman desembarcou em Manaus na noite passada. Agora, o goleiro está em São Paulo onde passa por um procedimento cirúrgico na coluna. Apesar dos retornos, o outro sobrevivente brasileiro, o zagueiro Neto, segue internado na Colômbia e aguarda uma melhor estabilização no quadro clínico para voltar para casa.

Informações do Gazeta Press

texto

Nenhum comentário:

LEIA TAMBÉM