segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Após PIB, mercado piora previsão de crescimento para 2017

Redução na estimativa de crescimento para o ano que vem é a sétima queda semanal consecutiva
As estimativas do mercado para o crescimento da economia para 2017 caíram, de 0,98% para 0,80%, após a divulgação da queda no PIB do terceiro trimestre deste ano, na última quarta-feira. 

As estimativas constam no Boletim Focus divulgado nesta segunda. Esta é a sétima queda consecutiva da previsão do PIB no período. 

Para 2016, contudo, o mercado espera um rombo de 3,43%, ante 3,49% na semana passada, a primeira melhora após oito semanas seguidas de queda.


Em relação à inflação, já influenciados pela reunião da semana passada do Comitê de Política Monetária (Copom), os economistas do mercado financeiro mudaram levemente suas projeções para a inflação neste ano. O Relatório de Mercado Focus divulgado na manhã desta segunda-feira mostra que a mediana para o IPCA – o índice oficial de inflação – em 2016 foi de 6,72% para 6,69%. Há um mês, estava em 6,88%. Já o índice para o ano que vem permaneceu em 4,93%. Há quatro semanas, apontava 4,94%.

Na semana passada, o Copom reduziu a Selic (a taxa básica de juros da economia) de 14,00% para 13,75% ao ano. No comunicado que acompanhou a reunião, o colegiado voltou a citar o processo de desinflação na área de serviços e os ajustes fiscais como riscos para o cenário de preços.

Ao mesmo tempo, reconheceu a fraqueza da atividade e indicou que o ritmo de cortes pode se intensificar caso a recuperação da economia seja mais demorada que o antecipado. Essa intensificação, conforme o BC, também dependerá do ambiente externo.

Informações de O Estadão 

Nenhum comentário:

LEIA TAMBÉM