segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Valadares: ‘Esse grupo político ganhou a eleição, porém, não ganhou o meu respeito’

Senador disse que campanha de Edvaldo Nogueira foi antiética, demagógica e eleitoreira.

Após a derrota de Valadares Filho nas urnas, o senador Valadares usou as redes sociais para demonstrar sua insatisfação com o resultado do segundo turno em Aracaju. Em postagem, ele afirmou que grupamento de Edvaldo não ganhou seu respeito e que a campanha realizada pelo candidato, e agora eleito prefeito da capital, foi antiética, demagógica e eleitoreira.

O senador reafirmou, ainda, que Valadares Filho nunca teve acordo algum com João Alves Filho e que Jackson Barreto e Edvaldo Nogueira foram impiedosos com Valadares Filho nos ataques pessoais feitos nos eventos de ruas, nas redes sociais e nos programas de rádio e TV.

Confira o texto na íntegra:

“Perdemos a eleição, mas não perdemos a dignidade. O tempo vai dizer, e não vai demorar, Valadares Filho foi penalizado por um acordo que não fez. O marketing do mal insistiu batendo na mesma tecla e tanto repetiu que grande parte do eleitorado, acabou por dar como certa a existência de um acordão, justo com o candidato João Alves. A acusação foi construída em cima de um bordão falso: “Valadares Filho é o candidato do João”. Acusação maldosa e inverossímil. Valadares Filho nunca se encontrou com João Alves neste período eleitoral e nem tampouco lhe propôs acordo para permanência de sua equipe na prefeitura. Mentira! Mas, pela própria natureza do 2º turno não podia rejeitar nem esconder apoio de lideranças e pessoas que estiveram com candidatos derrotados no primeiro turno. Indago para o eleitor livre dessa contaminação inverídica: como um candidato com uma rejeição de 80%, que teve apenas 10% dos votos poderia ser decisivo para a vitória do candidato Valadares Filho, que saiu consagrado do 1º turno com 38%? Conseguiram com essa mentira propagada na TV, rádio e redes sociais o declínio de Valadares Filho nas pesquisas, apesar de firmes e categóricos desmentidos. Com um previsível resultado apertado, isso facilitou então a atuação do adversário nos bairros, usando dos instrumentos do poder político e econômico que lhe foram facilitados pelo governador para tirar a pequena diferença que ainda existia em favor do candidato da oposição.

Tenho que respeitar a decisão do povo, mas não posso deixar de registrar o meu protesto ante a conduta antiética, demagógica e eleitoreira da campanha de Edvaldo Nogueira. Jackson e Edvaldo, de forma direta ou através de membros de sua campanha, foram impiedosos com Valadares Filho, nos ataques pessoais feitos nos eventos de ruas, nas redes sociais e nos programas de rádio e TV (suspensos várias vezes por ordem judicial).

Essa disputa pela prefeitura ficou marcada por uma baixaria sem precedentes em toda a história das eleições em Aracaju.

A partir de janeiro caberá à nossa representação do PSB na Câmara de Vereadores cobrar do novo prefeito a responsabilidade que assumiu. Fez promessas mirabolantes.

Esse grupo político ganhou a eleição, porém, pelo menos da minha parte, não ganhou o meu respeito. Ainda assim, receberá o meu combate de opositor justo e equilibrado em benefício da sociedade.

Aproveito para agradecer a quantos acreditaram nas propostas de Valadares Filho, o qual obteve mais de 134 mil votos, ao lado do Pastor Antonio. Ambos se portaram com muita coragem, fazendo uma campanha limpa, cheia de alegria e entusiasmo. Obrigado a todos os que participaram voluntariamente dos eventos programados pelo comitê de campanha. Não vamos nos abater, a luta continua!

Fonte: A Hora da Verdade

Nenhum comentário:

LEIA TAMBÉM