sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Homem mata filho porque não queria que a mulher fumasse

O crime aconteceu em Araioses, interior do Maranhão.

Um motivo banal motivou o assassinato de uma criança, crime cometido pelo prórpio pai em Araioses, interior do Maranhão.

De acordo com o R7, o pescador Paulo James da Silva, de 32 anos, matou o menino porque não queria que a mulher fumasse cigarro. Segundo informações, eles começaram a brigar em uma festa após a mulher acender um cigarro e incomodar o suspeito que a agrediu.

Após a agressão, ele foi embora da festa e disse à mulher que mataria os filho do casal e os enteados de 4 e 9 anos.

A criança mais velha estava assistindo TV e levou o primeiro golpe de faca. Em seguida, foi até o quarto onde o mais novo dormia na rede e o matou, cumprindo a ameaça. A criança ferida tentou defender o caçula. O outro irmão, que também estava no quarto, se escondeu para escapar do padrasto.

Ao tentar fugir, ele encostou num poste e e levou uma descarga elétrica, morrendo no hospital. A criança mais velha fez cirurgia e não corre risco de morte.

Informações do Notícias ao Minuto

Nenhum comentário:

LEIA TAMBÉM