segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Empresa de higienização e limpeza da rede de saúde em Aracaju suspende serviços

Empresa terceirizada deixa de prestar serviço e hospitais podem parar de funcionar. Multiserv informou que a Prefeitura de Aracaju tem dívida no valor bruto de R$ 8.454.181,18.

No final da manhã desta segunda-feira (31) a empresa Multiserv, que realiza serviços terceirizados para a Prefeitura de Aracaju, informou que vai suspender os trabalhos por conta de uma dívida que a administração municipal acumula há quase trezentos dias, no valor bruto de R$ 8.454.181,18. Com isso, os hospitais das Zonas Sul e Norte (Fernando Franco e Nestor Piva, respectivamente) podem parar de funcionar.

De acordo com a Secretaria Municipal da Saúde (SMS), como a empresa realiza a higienização dos hospitais e de todas as demais unidades da secretaria, como os postos de saúde, por exemplo, não há condições de realizar atendimento nos hospitais se não houve higienização. “Nos postos, Cemar e etc, ainda se pode tentar dar um jeito, mas os hospitais não podem ficar sem higiene, por isso, podem fechar. O secretário está em reunião para tentar achar uma solução”, informou a assessoria da SMS.

A Multiserv informou que tem alertado aos gestores do Município há alguns meses sobre os riscos desta suspensão dos serviços, do impacto que pode causar no atendimento à saúde da população de Aracaju, sem obter êxito na resolução das pendências. “No último dia 27/10/2016 foi apresentada notificação ao Município de suspensão dos serviços e do contrato, o que está sendo cumprido nesta data, até que ocorra a regularização dos pagamentos atrasados. Os salários dos trabalhadores serão regularizados nesta data pela MULTSERV, com o esforço de buscar os recursos financeiros através de empréstimos bancários”, afirmou em nota.

Segundo a empresa terceirizada, diante da situação, foi preciso tomar uma medida extrema. “Essa atitude foi necessária, na expectativa de um possível fato novo ou imediata intervenção do Município na resolução das pendências com a minimização dos transtornos gerados aos cidadãos de Aracaju”, destacou a Multiserv.

Fonte: Jornal da Cidade.Net

Nenhum comentário:

LEIA TAMBÉM